Bidê ou Balde
 

A banda gaúcha Bidê ou Balde esteve em São Paulo no primeiro final de semana de Setembro para dois shows, um na capital, e um na cidade de Campinas.

O Tenho Mais Discos Que Amigos acompanhou o show no Festival “Onde Pulsa a Nova Música” e conta como foi.

bide-ou-balde-onde-pulsa-nova-musica-campinas-00005Após uma curta passagem por São Paulo no primeiro semestre de 2016 para a divulgação do disco, GILGONGO! OU, A ÚLTIMA TRANSMISSÃO DA RÁDIO DUCHER, a banda voltou aos palcos paulistas.

Porém o que o público de Campinas pôde conferir, não foi apenas um show focado no disco mais recente, mas sim um setlist bastante variado, com músicas de todos os discos da banda, incluindo algumas surpresas como “Gerson”, do primeiro disco Se Sexo é o que importa, só o rock é sobre o amor (2000), “O Que Acontece no Escuro” do disco É Preciso Dar Vazão Aos Sentimentos (2004), além de clássicos como a versão de “Buddy Holly” (Weezer), “Mesmo que Mude”, e outros sucessos da banda como “Bromélias”, “Melissa”, “Me Deixa Desafinar”, “Vamos Passar a Noite de Galera”, “Cores Bonitas”, “Matelassê”, entre outras.

Do recém-lançado disco Gilgongo, apenas as músicas “Tudo Ok”, “O Soul Mentiu Pra Você” e “Fazer Tudo a Pé” foram tocadas. Também entrou no setlist a cover de “Detetive”, da Comunidade Nin-Jitsu.
bide-ou-balde-onde-pulsa-nova-musica-campinas-00007
“Detetive” foi executada, inclusive, para divulgar o recém lançado mashup com a Comunidade Nin-Jitsu, que ganhou clipe e tem sido veiculado em rádios gaúchas.