Lady Gaga faz discurso inspirador no SXSW

Lady Gaga faz discurso inspirador no SXSW

Na manhã desta sexta-feira, 14, a cantora Lady Gaga fez um dos discursos mais importantes do festival South by SouthWest (SXSW), em Austin, no Texas. Na noite anterior, Gaga fez um show bastante excêntrico no festival, tanto que uma mulher vomitou nela, aparentemente combinado, já que enquanto ela cantava a tal garota tomava um líquido verde no palco.

Durante seu inspirador discurso, a cantora se emocionou ao falar do poder da música. A popstar também discutiu o valor do patrocínio de empresas na música, a falta de criatividade, as críticas que recebeu com seu último disco Art Pop e sobre seu próximo trabalho.

Gaga subiu ao palco usando um vestido de plástico transparente gigante, usando dreads loiros nos cabelos. Até então, Lady Gaga é o ícone mais jovem a realizar esse discurso. No ano passado, quem o fez foi o líder do Foo Fighters, Dave Grohl.

Em uma conversa com a revista NME, quando perguntada sobre o patrocínio de empresas ela diz:

Quem está escrevendo e dizendo todas essas coisas, não sabe porra nenhuma sobre o estado da indústria da música. Sem patrocínio, sem essas empresas se unindo para nos ajudar, não teremos quaisquer artistas que chegam ao SXSW e não teremos qualquer festival, porque as gravadoras não têm nenhum dinheiro.

Sobre o vomito, ela contou que queria fazer algo que estava no espírito do SXSW:

Foi sempre sobre o que está criando uma conexão entre fãs e artistas e da experiência musical… Eu realmente construí o conjunto em torno de Austin, eu queria dar o máximo que pude para a cidade. Foi emocionante ver as pessoas falando sobre arte performance na internet… Nós acreditávamos no desempenho e o que significou para a música. Martin Luther King pensou que poderia iniciar uma revolução sem violência e Andy Warhol pensou que podia transformar uma sopa em arte. Às vezes, as coisas que são realmente estranhas podem mudar o mundo… Eu não estou dizendo que o vômito vai mudar o mundo…

Durante a conversa , ela também revelou que um segundo volume de seu álbum de 2013 Artpop foi gravado.

Há muitos volumes de trabalho por um longo período de tempo que não acaba de ser liberado para o público. Às vezes é apenas divertido ter registros que apenas eu e meus amigos vamos ouvir… Eu tenho uma segunda parte toda do Artpop e eu adoro isso.

Ela também falou sobre o valor da independência e ser ela mesma em sua música. Discutindo o fato de que no ano passado, seus lançamentos foram aparentemente confrontados com lançamentos de Katy Perry, ela disse:

Eu não sei que porra eu tenho a ver com a Katy Perry, a nossa música é tão diferente, não poderia ser mais diferente.

 
Compartilhar