Baterista do Black Keys se desculpa com o Nickelback

Baterista do Black Keys se desculpa com o Nickelback

Patrick Carney, baterista do Black Keys, se desculpou com o pessoal do Nickelback pelas declarações feitas à revista Rolling Stone dos Estados Unidos no início do ano.

Na ocasião, Carney disse o seguinte: “O rock’n’roll está morrendo porque as pessoas aceitaram o Nickelback como a maior banda do mundo. O rock é a música que eu mais gosto e eu não gosto de vê-lo ser arruinado e empurrado goela abaixo nessa porcaria sem-graça, horrenda, pós-grunge”.

Agora em uma entrevista a MTV canadense, o músico comentou: “Eu não tive a intenção de colocá-los como uma única coisa ruim, apenas a frase saiu assim. Há bandas muito piores que Nickleback… talvez. Essa foi a pior desculpa”.

Na época da entrevista à Rolling Stone, o Twitter do Nickelback “agradeceu” por se chamado de “maior banda do mundo” pela dupla.

Fonte: Rock em Geral

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar