10 milhões de dólares para o Weezer acabar

Ganhar dinheiro com a volta de uma banda é algo pensável. Ficar parado durante anos e após a reunião sair pelo mundo fazendo shows é algo bem lucrativo para bandas que antes de pararem eram bem sucedidas.

Agora, você já imaginou uma banda faturar uma bolada para decretar seu fim? É o que está sugerindo um cara que não gosta do Weezer. A história é a seguinte.

James Burns, americano da cidade de Seattle, está oferecendo 10 milhões de dólares para que eles o Weezer acabe. Ele criou uma campanha no site The Point onde pede a todos que concordam com ele que o Weezer tem lançado ultimamente discos péssimos e ele está com pena dos fãs da banda. Abaixo você confere a descrição da campanha:

Eu nunca fui um fã dessa banda. Eu acho que eles são muito ruins, e sempre foram. Até mesmo no começo dos anos 90.

Mas isso não é sobre mim. É sobre os fãs do Weezer. Eles são nossos irmãos e irmãs, nossos amigos, nossos amantes.

A cada ano, Rivers Cuomo promete que mudou, e que o novo álbum da banda é a melhor coisa que eles fizeram desde o “Pinkerton”, e o que acontece? Outra porcaria como “Beverly Hills” ou “I’m Your Daddy”.

Essa é uma relação abusiva, e isso tem que parar agora.

Eu estou cansado ver meus amigos se desapontarem ano após ano.

Eu estou cansado desses infindáveis álbuns de covers e clipes musicais.

Eu estou doente de ficar ouvindo o que quer que essa banda tem feito de horrível hoje em dia (e sim, mesmo se você gosta dos primeiros discos, você deveria admitir que ela está muito ruim agora).

Se todos os 852 mil de vocês (sério?) que compraram o “Pinkerton” colaborar com 12 dólares, nós conseguiremos nossa meta.

Eu peço, Weezer. Pegue o nosso dinheiro e desapareçam.

Até o exato momento, apenas 11 pessoas aderiram a ideia de James.

Ouça o novo álbum do Melim!  
 
Compartilhar