Mike Portnoy homenageando Neil Peart em bateria de criança
Reprodução/YouTube
 

Neil Peart nos deixou cedo demais neste ano, e é claro que uma pessoa muito afetada por sua morte foi Mike Portnoy.

Agora, o baterista que ficou famoso por seu tempo no Dream Theater resolveu fazer uma homenagem bem-humorada ao falecido companheiro de profissão. Usando uma bateria de criança, ele tocou hits do Rush e até fez um “jogo”.

Brincando com o guitarrista Bumblefoot, que estava por lá, ele pediu para o músico adivinhar algumas canções como “Cygnus X-1”. Quando Bumble tocou as canções em seu instrumento, ele reclamou: “é ‘Qual o Nome da Música’, não ‘Toque a Música'”.

Brincadeiras à parte, Portnoy eventualmente explica o objetivo de tudo isso:

Sei que nos divertimos muito, mas brincadeiras à parte, perder o Neil foi muito devastador e partiu meu coração e não quero diminuir isso. Então iremos leiloar esse kit [de bateria] e assiná-lo e os lucros disso vão para a pesquisa contra o câncer de cérebro.

Uma bela (e divertida) iniciativa! Confira a seguir.

Mike Portnoy e Neil Peart

Essa não é a primeira vez que Portnoy se aventura com uma bateria de criança. Como mostramos aqui, ele já usou uma que era inclusive temática do Pokémon.

A causa defendida por Mike também foi abraçada aqui no Brasil, pelos tributos brasileiros ao Rush. Outro músico nacional que homenageou Peart foi Felipe Andreoli, baixista do Angra, tocando “Tom Sawyer” no baixo.

   
 
Compartilhar