Em anúncios de uma pequena farmácia e até em desenhos animados na TV, a arte de Glen Hanson está espalhada por aí. O ilustrador já teve seus trabalhos publicados em todo o mundo, incluindo em revistas como a Vogue britânica, GQ, Entertainment Weekly e outros.

Apesar do imenso portfólio que é divulgado em seu Instagram pessoal, o trabalho que ganhou mais destaque foi feito para o Blink-182, o ótimo The Mark, Tom and Travis Show, lançado em 2000.

Carreira

No decorrer de sua carreira multimodal, Glen dividiu majoritariamente seu tempo entre os mundos da ilustração e da animação. Em entrevista para o Queer Forty, ele enfatiza como as influências da Disney e Hanna-Barbera fizeram com que ele buscasse isso desde cedo.

Fui completamente autodidata através da observação de animação, histórias em quadrinhos e dos poucos livros sobre arte que recebi, até estudar animação no Instituto de Tecnologia e Aprendizagem Avançada do Sheridan College. Com isso, fiz meu primeiro anúncio importante, que foi um copo de verão nacional do McDonald’s com uma ilustração. Isso foi muito legal e realmente impressionou meus pais.

Sua característica emblemática de ilustrar é começar o processo de forma manual até passar para o digital. A forma de trabalho destaca-se tanto que apareceu até nas passarelas de Milão, em uma linha de camisas como parte das coleções de primavera e outono de 2005, do estilista europeu de roupas masculinas, Andrew Mackenzie.

A Rev Jeans, marca italiana, também o contratou para criar uma série de ilustrações sensuais para camisetas. Já a designer de Nova York, Kara Ross, usou os trabalhos de Glen com foco voltado para a high fashion, para promover sua linha de acessórios. Ele também já criou imagens de pôsteres para o musical de sucesso da Broadway Altar Boyz, Seth’s Big Fat Broadway Show, espetáculo de Seth Rudetsky, e a peça Miss Abigail’s Guide.

Com foco na animação, Glen teve seu nome envolvido em programas de TV como Babar, Beetlejuice e Daria, além de desenvolver animações para Nickelodeon, Film Roman, Studio B e Disney. Ele também foi indicado ao prêmio Annie, em 2000, pela direção de arte e design na série internacionalmente divulgada da MTV, Spy Groove. 

Suas colaborações também foram escopo para as bonecas Monster High, de 2010, que definiram a marca em embalagem, design e spin-off de animação para a Mattel.

continua após o player

Ao integrar várias áreas em seu trabalho, como moda, teatro e televisão, Glen se conecta profundamente com a cultura pop, especialmente voltada para o público LGBTQIA+. Com isso, seus traços, que foram inspirados inteiramente por essa cultura, agora fazem parte da história da mesma.

EU ACHO QUE A CULTURA POP REFLETE MUITO O ESTADO ONDE NOSSA SOCIEDADE ESTÁ AGORA, OU TEM ESTADO NA ÉPOCA. É O NOSSO VÍNCULO COM OS PENSAMENTOS E O TOM DA AMÉRICA DO NORTE, DO MUNDO OCIDENTAL OU DA MÍDIA SOCIAL,  E ACHO IMPORTANTE MANTER-SE ATUALIZADO E INFORMADO SOBRE O QUE HÁ DE NOVO.

Sua carreira também tem envolvimento na música. Seja com caricaturas de David Bowie (como mostrado acima), Madonna e Prince, Glen expande suas referências para bandas mais novas. Em 2009, o artista combinou todos os seus talentos para dirigir e projetar o storyboard do videoclipe animado “Ghost Town”, da banda Shine Toys Guns.

continua após o player

The Mark, Tom and Travis Show

Sua relação com a música chegou até à banda blink-182, com The Mark, Tom and Travis Show (The Enema Strikes Back!), o primeiro e, até então, único álbum ao vivo da banda.

Registrado em dois shows diferentes na Califórnia em novembro de 1999, todas as músicas foram gravadas durante o show, com exceção de “Man Overboard”, então inédita e gravada em estúdio.

Além de tocar, Mark e Tom deixaram registrados entre as faixas suas conversas e piadas que costumavam fazer durante os shows. Os músicos também aproveitaram para mudar trechos de letras.

Lançado em 2000, o disco alcançou o 8º lugar na U.S. Billboard 2000 e vendeu mais de 100 mil cópias na primeira semana.

O álbum viaja pela carreira do grupo até aquele momento e Glen conseguiu sintetizar isso. A arte conta com vários personagens ilustrados que fazem referência aos lançamentos anteriores do trio estadunidense, tanto em clipes ou nas letras. Alienígenas, um coelho dançarino, o cara vestido de banana e uma caricatura da modelo de capa de Enema of the State, Janine Lindemulder, são uns dos destaques.

Blink 182 - The Mark, Tom, and Travis Show
Capa e verso de The Mark, Tom, and Travis Show.

A ilustração também conta com as caricaturas do trio com a formação de outrora, e, ao fundo, exemplos de brincadeiras que faziam entre si, especialmente no banheiro. Isso é simbolizado nas canções inéditas da época, “Family Reunion” e “The Country Song”. O trabalho ganhou o devido destaque, e, com isso, Glen Hanson recebeu um certificado de excelência pelo Instituto Americano de Artes Gráficas, o AIGA. 

Mais que merecido, não é mesmo?

   
 
Compartilhar