Porta dos Fundos em
Divulgação

O especial de Natal do Porta dos Fundos na Netlifx deverá sair do ar.

Pelo menos foi isso que determinou o TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro) com uma decisão liminar do desembargador Benedicto Abicair, respondendo um pedido da Associação Centro Dom Bosco de Fé e Cultura, uma entidade conservadora católica.

De acordo com as informações do UOL, o desembargador justificou a sua decisão como uma forma de “acalmar os ânimos”, dizendo ainda que a retirada é “adequada e benéfica, não só para a sociedade cristã, mas para a sociedade brasileira, majoritariamente cristã, até que se julgue o mérito do agravo”.

Porta dos Fundos e A Primeira Tentação de Cristo

A Primeira Tentação de Cristo, especial de Natal do Porta dos Fundos na Netflix em 2019, causou polêmica quando mostrou Jesus Cristo (Gregório Duvivier) levando um amigo para casa e dando a entender que teve um relacionamento homossexual.

Após o seu sucesso, vários religiosos (principalmente aqueles envolvidos com política) começaram a se manifestar dizendo que boicotariam a Netflix ou até mesmo cobrariam indenizações dos envolvidos.

O caso mais extremo, porém, foi de um grupo de extrema-direita que atacou a sede da produtora no Rio de Janeiro com coquetéis molotov. O principal suspeito do crime está na Rússia.

Por fim, é sempre bom apontar que a polêmica toda em cima do especial teve um efeito prático: a parceria já foi renovada com a Netflix para 2020.

LEIA TAMBÉM: INRITADO – Porta dos Fundos lança vídeo e tira sarro das críticas de religiosos

 
Compartilhar