Rincon Sapiência está com música nova na área.

O rapper brasileiro, um dos nomes mais importantes do gênero na atualidade, foi até os Colors Studios, em Berlim, e por lá gravou uma nova canção chamada “Mundo Manicongo”.

A canção estará em um novo disco do músico, a ser lançado ainda em 2019, e logo abaixo você pode assistir ao vídeo da canção, bem como ver sua letra e ouvi-la na playlist oficial do TMDQA!

Homenagem a Lia de Itamaracá

Em um trecho da canção, Rincon faz uma homenagem à cirandeira Lia de Itamaracá, filha de um casal de agricultores que levou a ciranda pernambucana para diferentes locais do planeta.

Patrimônio Vivo de Pernambuco, ela recebeu o título de Doutora Honoris Causa recentemente pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE.

Ao falar a respeito, a “rainha da ciranda” declarou ao G1:

Um título como esse é muito importante para a nossa cultura. Eu ensino o povo a dançar, a cantar, e luto para que a nossa cultura não caia, para que não derrubem nossa cultura ainda mais. Isso ajuda a sustentar a nossa tradição e ajuda também muita gente.

Na passagem de sua letra, Rincon diz:

Quando tinha nada, tudo valia
E a nossa bandeira ninguém lia
Corpo na roda é demanda
Tô fazendo ciranda que nem Lia
Dançar, pulsar
Se não for um axé vou expulsar
Música não vai empapuçar
Música só vai ficar sussa

LEIA TAMBÉM: Xênia França apresenta “Miragem” em sessão de estúdio incrível do Colors Studios

Rincon Sapiência – “Mundo Manicongo”

Se a terra tá seca
Nóis rega
É o Mundo Manicongo
Não tem regra
Têm várias ideia no meu pote
Tamo dando pinote
Ninguém pega
Companhia do som é um sucesso
Quando o ritmo é bom, sossega
Sucinto, eu sinto o enredo
O futuro e o gueto, ninguém nega
Trazendo luzes, tipo Las Vegas
Já fiz minha vela, navega
Ligeiro, no pique de um carteiro
Meu som nas rua entrega
Tão original, eles alega
Um instrumental, minha colega
Um papo letal e o final
Tem bumbum nessa budega

PONTE
Mundo Manicongo
Por aqui é tipo dance ou dance
Nossa lei é tipo dance ou dance
Duas opções: dance ou dance
Esse é o Mundo Manicongo
Por aqui é tipo dance ou dance
Nossa lei é tipo dance ou dance

Duas opções: dance ou dance

REFRÃO
Tô metendo dança da minha maneira
Tô fazendo dança da minha maneira
Fazendo mudança da minha maneira
Tô fazendo batucada da minha maneira
Tô metendo dança da minha maneira
Tô fazendo dança da minha maneira
Fazendo mudança da minha maneira
Tô fazendo batucada da minha maneira
Ei
Dance ou dance

No futuro eu avistei
Isso foi quando eu olhei pra trás
Me conectei com meus ancestrais
Eu escutei: onde você vai? Eu fui
Um pouco de pimenta eu pus, compus
Aquela batucada conduz
Tô fazendo meu rito sem cruz, é a luz
Vermelho e o preto seduz da minha maneira
Psicodelia, críticas, crenças
Quem avalia, sem regalia
Não é só os kit, mas o jogo virou
Iti malia
Quando tinha nada, tudo valia
E a nossa bandeira ninguém lia
Corpo na roda é demanda
Tô fazendo ciranda que nem Lia
Dançar, pulsar

Se não for um axé vou expulsar
Música não vai empapuçar
Música só vai ficar sussa
Ahn ahn
Dançar, pulsar
Se não for um axé vou expulsar
Música não vai empapuçar
Música só vai

PONTE
Mundo Manicongo
Por aqui é tipo dance ou dance
Nossa lei é tipo dance ou dance
Duas opções: dance ou dance
Esse é o Mundo Manicongo
Por aqui é tipo dance ou dance
Nossa lei é tipo dance ou dance
Duas opções: dance ou dance

REFRÃO
Tô metendo dança da minha maneira
Tô fazendo dança da minha maneira
Fazendo mudança da minha maneira
Tô fazendo batucada da minha maneira
Tô metendo dança da minha maneira
Tô fazendo dança da minha maneira
Fazendo mudança da minha maneira
Tô fazendo batucada da minha maneira
Ei
Dance ou dance
Waaw

Vambora!

     
 
Compartilhar