Janelle Monáe
Foto: Wikimedia Commons
 

Janelle Monáe não está nada feliz com a recente polêmica criada por Donald Trump e quer o fim de seu mandato o quanto antes.

A cantora foi ao Twitter pedir pelo impeachment do presidente americano após uma série de tweets do político onde foi racista ao falar sobre quatro congressistas mulheres.

Nas declarações, Trump dá a entender que Alexandria Ocasio-Cortez, Rashida Tlaib, Ayanna Presley e Ilhan Omar deveriam “voltar aos seus países” ao invés de opinar no governo dos Estados Unidos. Acontece que as quatro são cidadãs americanas, e três delas nasceram de fato no país.

Usando também a plataforma, Janelle citou um tweet de Nancy Pelosi, Presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, dizendo:

Eu estou completamente certa de que esse racista idiota poderia matar alguém em uma live no Twitter na varanda da Casa Branca e vocês ficariam tipo, ‘quando ele mata alguém, ele reafirma sua mensagem de divisão. Temos que trabalhar juntos para refletir isso’. BLAH, FAÇA UM IMPEACHMENT, Pelosi… Pare de arrastar isso.

Monáe também se direcionou ao jornalista Geraldo Rivera, que chamou Trump de “amigo” ao chamar atenção do presidente às suas declarações racistas.

Vá se foder. Você permite isso e não é um bom amigo, na verdade. Amigos não mentem. PARE de dizer ‘você é melhor que isso’ quando você sabe que não é verdade. ELE TEM SIDO UM XENOFÓBICO RACISTA. E é EXATAMENTE quem ele sempre foi. E ele é MENTALMENTE IMPOSSIBILITADO de ser PRESIDENTE.

Em um último tweet, Janelle Monáe apenas disse: “estou pedindo por um impeachment. É essa a publicação. #PresidenteRacista”

Janelle Monáe

A cantora lançou seu terceiro disco, Dirty Computer, no ano passado.

     
 
Compartilhar