Prison Break

Quem assiste a séries e acompanha anos a fio, conhece a dor da season finale. Sim, meus caros. AQUELA SEASON FINALE: o-último-episódio-para-sempre. Você cria apego com os personagens, adota os bordões de cada um, ri sozinho quando lembra de uma determinada cena ou chora escondido quando ouve uma música que tocou naquele episódio triste. O mundo das séries é assim, você se envolve mesmo e quando o fim bate na porta, principalmente da última temporada, é hora de dizer adeus.

Mas para a nossa imensa alegria, muitos revivals de séries aclamadas e queridas pelo público estão sendo produzidos ou têm a intenção de saírem do papel. É o caso dessas quatro séries que separamos nesta lista de hoje, onde reunimos alguns já produzidos e lançados – Full House -, os que estão em produção – Gilmore Girls e Prison Break -, e por fim o que teve a confirmação anunciada mas ainda não começou a ser produzido – caso do clássico dos anos 90, Xena.

 

Revival #1 – Full House / Fuller House (1987 – 1995)

Revival de Full House produzido pela Netflix

A série que lançou as gêmeas Olsen interpretando a figuraça Michelle era muito mais que uma série de comédia/família. Aposto que bateu saudade da cena dos Fuller cantando Flintstones ou o “You got it, dude!” da Michelle. Mas o revival não contou com a participação direta das Olsen, que decidiram não voltar e fizeram com que Michelle sobrasse para as piadas no roteiro, que não foram poucas.

O revival produzido pela Netflix traz dessa vez a história de DJ que fica viúva com três meninos (familiar, não?) e conta com a ajuda da sua irmã Stephanie e sua melhor amiga Kimmy Gibbler. Apesar de visto um pouco depois que a maioria, adorei essa “primeira” temporada e me apaixonei pelo Max, filho do meio da DJ. Que menino fofo!

A temporada de estreia da agora chamada Fuller House está disponível desde fevereiro deste ano na Netflix e a segunda já foi confirmada.

 

Revival #2 – Gilmore Girls (2000 – 2007)

Revival de Gilmore Girls produzido pela Netflix

Só pelo frenesi que causaram os rumores de um possível revival de Gilmore Girls, já deu para ter certeza de que MUITAS pessoas amaram a notícia. Quando ele foi confirmado então, muita gente celebrou não apenas a volta, como também o fato de que conseguiram reunir quase todo o elenco original, então dá para esperar uma história bem completa vindo por aí.

Já se sabe que esse revival vai contar com 4 episódios de 90 minutos cada um com títulos baseados nas estações do ano (Inverno, Primavera, Verão e Outono) tudo ambientado nos dias atuais. Ainda não há data de lançamento, mas quem aí é fã de Gilmore Girls e tá ansioso?

 

Revival #3 – Prison Break (2005 – 2009)

Revival Prison Break volta com 5ª temporada em 2016

Michael Scofield foi o responsável por um fim de semana muito mal dormido quando eu resolvi assistir à primeira temporada inteira em um fim de semana! Provavelmente, foi minha primeira maratona de série e sim, ali começou um amor eterno pelo Michael e sua turma.

Mesmo quando a série ficou esquisita e a história começou a ficar sem pé nem cabeça, insisti e fiquei triste quando anunciaram o fim. Minhas expectativas estão boas e lá em cima para essa volta de Prison Break, que já está ganhando forma com a reunião do elenco original e fotos dos bastidores pela internet.

Esse revival em forma de 5ª temporada vai trazer algumas respostas para muitas perguntas que ficaram no ar no último episódio. Uma certeza já temos: é claro que o Michael se safou mais uma vez e está mais vivo do que nunca, mas por onde ele andou todo esse tempo?

Prison Break e a lápide de Michael Scofield

 

Revival #4 – Xena, A Princesa Guerreira (1995 – 2001)

Revival de Xena A Princesa Guerreira confirmado

Não negue, você assistia a Xena na hora do almoço quando chegava da escola sim, pelo menos algumas vezes. Essa série de TV neozelandesa é derivada de “Hércules: A Lendária Jornada”, só que acabou fazendo mais sucesso que a série “mãe”.

Xena vai ganhar um revival mas ainda não tem data de lançamento ou previsão de início das gravações. Ao que tudo indica, será produzida pela NBC e terá um roteiro mais aberto do que a original, já que certas questões não podiam ser levantadas na época como o relacionamento entre Xena e Gabrielle.

O elenco também será outro, podendo ter alguma participação das atrizes do elenco original mas sem nenhuma confirmação. Acredito que essa aposta dos produtores em fazer esse reboot de Xena vem muito da influência de algumas séries do gênero que têm feito um certo sucesso atualmente, como The 100.