Madonna vem ao Brasil em 2024 para show em Copacabana
Foto de Madonna via Shutterstock

Madonna está sendo processada mais uma vez por conta de sua polêmica turnê mundial The Celebration Tour que percorreu o mundo entre 2023 e o início deste ano.

A nova ação coletiva alega que a excursão da Rainha do Pop foi excessivamente sexual e desrespeitosa com os fãs. Um de seus admiradores, chamado Justen Lipeles, aponta que os espectadores foram apresentados a “pornografia sem aviso prévio” e foram “forçados a assistir a mulheres de topless no palco simulando atos sexuais”.

O rapaz esteve no show de Madonna realizado no Kia Forum, em Los Angeles, no dia 7 de março e afirma que deveria ter sido informado com antecedência sobre o que poderia esperar da performance que tinha cerca de 2 horas de duração.

De acordo com o TMZ (via NME), que teve acesso ao processo no estado da Califórnia, Lipeles relata que o show teria atrasado em mais de uma hora e meia e que a cantora teve a voz dublada em partes da apresentação. Outro ponto abordado pelo fã é que o público teria sido submetido a condições desconfortáveis por causa do calor e do conteúdo explícito.

Madonna enfrenta novo processo coletivo após a Celebration Tour

Como falamos anteriormente, Madonna tem o costume de solicitar que o ar condicionado do local em que ela esteja se apresentando seja desligado e, no show em questão, o acusador afirma que ela teria dito para a multidão se despir caso estivesse sentindo muito calor. Segundo Lipeles, a mudança do clima criou um ambiente desconfortável e até fez com que algumas pessoas ficassem doentes.

Em resumo, a cantora está sendo processada por quebra de contrato escrito, declaração falsa por negligência, imposição intencional de sofrimento emocional, propaganda enganosa, negligência/imposição negligente de sofrimento emocional e concorrência desleal. O acusador busca reembolso de seu ingresso e/ou lucros do show, além de buscar um julgamento com júri.

Outros Processos

Esta não foi a primeira vez que Madonna foi processada por conta da Celebration Tour. Em abril, dois fãs da artista moveram uma ação coletiva contra ela alegando que a cantora havia violado seu contrato com os participantes e também violou as leis do estado de Nova York ao iniciar seu show no dia 13 de dezembro às 22h30, ao invés do horário estipulado de 20h30.

Os advogados da artista pediram ao tribunal que a ação fosse rejeitada. Em um novo processo, os representantes de Madonna declararam que os fãs não teriam sido suficientemente lesados para um processo, já que eles alegam apenas terem tido “problemas para conseguir carona para casa” e a necessidade de “acordar cedo no dia seguinte para trabalhar”.

Você pode, inclusive, conferir cinco vezes em que Madonna causou polêmica durante os shows de sua turnê de celebração dos 40 anos de sua história, acesse aqui.

Show Histórico na Praia de Copacabana

Vale lembrar que todo conteúdo do show da artista também gerou amplas discussões aqui no Brasil entre conservadores e progressistas.

No Rio de Janeiro, Madonna encerrou a turnê com o maior show em toda sua carreira, com público estimado em 1.6 milhão de pessoas.

A apresentação, que foi aberta ao público e teve entrada gratuita, marcou o primeiro show da Rainha do Pop no Brasil desde 2012. Te contamos mais detalhes sobre essa noite histórica aqui.

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! METAL

Nu Metal, Metalcore, Heavy Metal, Thrash e muito mais: todo peso das guitarras aparece na Playlist TMDQA! Metal para você ouvir clássicos e conhecer novas bandas agora mesmo. Siga o TMDQA! no Spotify!