Linkin Park e a edição de 20 anos de Hybrid Theory
Reprodução/YouTube

Muita gente nem imagina, mas o Linkin Park teve outro baixista além de Dave Farrell, mais conhecido como “Phoenix”. Apesar de ser parte da formação original da banda de 1996, o músico teve um período fora do grupo bem entre 1999 e 2000, época do lançamento do aclamado Hybrid Theory, e foi substituído primeiro por Kyle Christner.

Agora, Christner entrou com o processo contra o Linkin Park alegando que contribuiu para mais de 20 músicas que estão presentes na edição de 20 anos do álbum em questão. Vale lembrar que Scott KoziolIan Hornbeck ainda ocuparam o posto brevemente antes do retorno de “Phoenix”, que depois permaneceu com a banda até o falecimento precoce do vocalista Chester Bennington.

De acordo com a Rolling Stone (via Loudwire), Christner alega ter se apresentado em um showcase para a gravadora Warner que foi fundamental para o sucesso da banda e também diz que ajudou a compor algumas das faixas que entraram na edição comemorativa do disco, incluindo “She Couldn’t”, “Chair”, “Blue” e “Step Up”.

Ex-baixista do Linkin Park processa a banda

O processo foi obtido pela Rolling Stone dos EUA e parece ter surgido após um contato de um ex-empresário da banda, que avisou Kyle Christner de seus direitos por ter aparecido nas gravações em questão. O músico alega ainda que tentou entrar em contato com os administradores dos royalties do Linkin Park e não obteve resposta.

Nos documentos do processo, o ex-baixista pede créditos por ter tocado “pelo menos nas faixas 2, 3, 4, 6, 7, 8, 9, 10, 11 e 12 das Forgotten Demos“, além das “faixas 1, 2, 7, 13, 14, 16 e 17 do LPU Rarities e da faixa 7 do B-Side Rarities“, sem contar o Hybrid Theory EP na íntegra.

Até o momento, a banda não se pronunciou sobre o processo. Logo abaixo, você pode ouvir “She Couldn’t”, que conta com as supostas contribuições de Kyle Christner no baixo bastante em destaque.

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! BRASIL

Música brasileira de primeira: MPB, Indie, Rock Nacional, Rap e mais: o melhor das bandas e artistas brasileiros na Playlist TMDQA! Brasil para você ouvir e conhecer agora mesmo. Siga o TMDQA! no Spotify!