Zack De La Rocha "fura" cerimônia do Rage Against The Machine e vai a manifestação pró-Palestina

Zack De La Rocha participou de protesto contra a guerra em Israel no dia seguinte à introdução do Rage Against The Machine no Hall da Fama do Rock.

Zack De La Rocha "fura" cerimônia do Rage Against The Machine e vai a manifestação pró-Palestina
Reprodução/Instagram

Mesmo com todos os problemas e polêmicas envolvendo a instituição, entrar para o Hall da Fama do Rock and Roll é considerado um evento imperdível para a maioria das pessoas. Não é o caso de Zack De La Rocha, do Rage Against The Machine.

A banda completada por Tom Morello, Tim Commerford e Brad Wilk foi introduzida ao seleto grupo na última sexta-feira (3), mas apenas o guitarrista estava presente na cerimônia em Nova York.

O paradeiro do vocalista só foi descoberto no dia seguinte, quando ele apareceu em um protesto em Washington D.C. – que fica a quase 400 km de distância – em defesa do povo palestino e pedindo um cessar-fogo com Israel em Gaza.

Zack apareceu em uma foto ao lado do documentarista Sunny Singh, que inclusive foi o responsável por registrar shows da atual turnê do RATM. A ação de defesa palestina nos Estados Unidos reuniu cerca de 300 mil pessoas, e você pode ver o registro logo abaixo.

Continua após a foto

Rage Against The Machine no Hall da Fama do Rock

 

View this post on Instagram

 

A post shared by sunny hate5six // one man op (@hate5six)

O Rage Against the Machine era considerado uma das bandas mais “esnobadas” pelo Hall da Fama do Rock and Roll: eles foram indicados seis vezes entre 2018 e 2023, mas só entraram agora para o grupo que reúne os maiores da história.

Depois de uma introdução feita pelo veterano rapper Ice-T, do Body Count, Tom Morello recebeu o prêmio e enalteceu o poder da música. Nas fotos com o prêmio, o guitarrista apareceu segurando os dizeres “cessar-fogo”, também fazendo referência à guerra em Israel.

A classe de 2023 do Hall da Fama do Rock ainda incluiu os gigantes Willie Nelson, Kate Bush, George Michael, Sheryl Crow, Missy Elliott e The Spinners.

LEIA TAMBÉM: O dia em que o Rage Against The Machine chocou a tradicional BBC com performance ao vivo