TikTok Music

O TikTok Music, serviço de streaming de música por assinatura de catálogo completo vinculado à conta TikTok do usuário, entrou em expansão na última terça-feira (18) e começa a mostrar indícios de que pode ameaçar o domínio do Spotify.

Como informou a Billboard, o novo aplicativo está sendo lançado em três países adicionais: México, Austrália e Singapura. A implementação, aliás, foi feita apenas duas semanas após a empresa anunciar a criação do TikTok Music, cuja disponibilidade inicial havia sido limitada ao Brasil e à Indonésia.

O lançamento nos novos países será, inicialmente, em beta fechado, sendo os utilizadores convidados a experimentar o serviço com um período experimental de 90 dias a contar a partir do download do app.

Em comunicado, um porta-voz da empresa afirmou:

O TikTok Music é um novo tipo de serviço de música que combina o poder da descoberta de músicas no TikTok com um serviço de streaming de música que oferece milhões de faixas de milhares de artistas. Agora estamos testando a versão beta na Austrália, México [e] Cingapura, e teremos mais notícias para compartilhar sobre o lançamento nos próximos meses.

Aqui no Brasil, o TikTok Music já está disponível para qualquer usuário e basta baixar o aplicativo do serviço de streaming e vincular sua conta da plataforma de vídeos curtos para utilizá-la.

Há três planos disponíveis para o serviço premium, ou seja, sem propagandas, com skips ilimitados (explicamos mais abaixo) e com downloads a qualquer momento: R$8,50/mês (estudante), R$16,90/mês (individual) ou R$26,90/mês (família para até 6 contas).

TikTok Music chega para competir com o Spotify

O TikTok Music, vale salientar, se torna agora um passo significativo no relacionamento entre o popular aplicativo de mídia social e a indústria da música, que deve se transformar ainda mais com os novos avanços do mercado.

O seu principal diferencial é justamente ter um funcionamento que lembra bastante o da plataforma de vídeos, permitindo que o usuário realize skips, ou seja, role a tela para cima ou para baixo para navegar entre as músicas que são recomendadas pelo serviço em prévias de 30 segundos que podem levar à música completa para o assinante premium.

Além disso, é possível deixar likes e comentários que ajudam o algoritmo a entender a sua preferência. Será que vai ameaçar de verdade o domínio do Spotify?

Vale lembrar que, de acordo com o relatório IMS Business de 2023, o Spotify ainda tem a maior participação de mercado com 30,5% dos usuários de streaming, seguido por Apple Music (13,7%), Tencent Music (13,4%), Amazon Music (13,3%) e YouTube Music (8,9%).

LEIA TAMBÉM: 10 músicas improváveis de Rock e Metal que viralizaram no TikTok em 2023

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! BRASIL

Música brasileira de primeira: MPB, Indie, Rock Nacional, Rap e mais: o melhor das bandas e artistas brasileiros na Playlist TMDQA! Brasil para você ouvir e conhecer agora mesmo. Siga o TMDQA! no Spotify!