Black Sabbath
Foto: Wikimedia Commons
 

Bill Ward, baterista original do Black Sabbath, está interessado em voltar para a banda.

Em uma nova entrevista ao Metro UK (via Blabbermouth), Ward revelou estar “em contato” com seus ex-colegas de banda. Já se foram cinco anos desde a última turnê do grupo, que não contou com Bill — seu último disco, 13 (2013), também não teve o baterista.

O músico revelou:

Falei com o Ozzy [Osbourne] duas noites atrás. Muitas coisas aconteceram entre nós e há novos limites que tive que construir, mas não penso coisas ruins deles. Trabalhei com o Tony [Iommi] desde 1964, quando tínhamos 16 anos. Eles são meus irmãos e eu os amo.

Bill Ward ainda abriu as possibilidades futuras para a formação original do grupo:

No que me diz respeito, o livro nunca foi fechado com o Sabbath. Estou escrevendo pra caramba, estou vivendo a vida. Minha maior vontade tem sido, ‘Vamos fazer outro álbum’. Nada necessariamente ao vivo, porque estou olhando para o que posso fazer de forma realista. Do jeito que toco bateria, fica mais difícil conforme fico mais velho. Não falei com os caras sobre isso, mas conversei com alguns da equipe sobre a possibilidade de fazer uma gravação. Isso eu posso fazer com segurança, mesmo com a COVID-19. Posso usar meu estúdio em Los Angeles. Tenho a mente muito aberta para fazer algo assim.

Será que vai rolar?

Bill Ward

Em 2011, quando o Black Sabbath anunciou sua reunião, Ward estava na formação, mas desistiu pouco depois alegando “problemas contratuais”. Seus ex-colegas, porém, citaram problemas de saúde e a forma física de Bill como o motivo para sua saída.

LEIA TAMBÉM: Ozzy Osbourne terá Eric Clapton, Tony Iommi e outras lendas em seu novo disco

 
Nosso site utiliza de cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Consulte nossa Política.
 
Compartilhar