Charlie Watts, baterista do Rolling Stones
 

O Rolling Stones anunciou nesta quarta-feira (4) que Charlie Watts, seu baterista, não fará parte da turnê No Filter pelos Estados Unidos. Essa será a primeira vez desde que entrou no grupo, em 1963, que Watts não participa de um show.

O motivo é um procedimento médico não revelado pelo qual o músico passou recentemente — ele já está bem. Seus médicos, entretanto, recomendaram repouso. Quem tocará no seu lugar é Steve Jordan, associado ao grupo há anos e que toca no projeto paralelo de Keith Richards, o X-Pensive Winos.

O comunicado, usando um tom formal demais, diz (via Rolling Stone):

Charlie passou por um procedimento que foi totalmente bem-sucedido, mas seus médicos concluíram que ele agora precisa de descanso e recuperação adequados. Com os ensaios começando em algumas semanas, isso é muito decepcionante para dizer o mínimo, mas também é justo dizer que ninguém previu isso.

Charlie Watts

Já o próprio Watts brincou com a situação, dizendo que, “pela primeira vez, meu ritmo está um pouco fora do tempo”. E continuou:

Estou trabalhando muito para entrar em forma, mas hoje aceitei, por recomendação dos especialistas, que isso vai demorar um pouco. Depois de todo o sofrimento dos fãs causado pela COVID, eu realmente não quero que os muitos fãs do RS que têm ingressos para esta turnê fiquem desapontados com outro adiamento ou cancelamento. Portanto, pedi ao meu grande amigo Steve Jordan para me substituir.

Melhoras, Charlie!

LEIA TAMBÉM: Rolling Stones terá nove músicas novas na edição especial de “Tattoo You”

 
Compartilhar