Dave Mustaine, vocalista e guitarrista do Megadeth
 

O vocalista do Megadeth, Dave Mustaine, confirmou que foram retiradas todas as partes gravadas por David Ellefson para o próximo disco da banda de Metal.

Em transmissão no Cameo, aplicativo em que você recebe uma mensagem em vídeo da sua celebridade preferida, o frontman revelou que a participação do ex-baixista foi substituída por outro músico.

No caso, Mustaine estava se comunicando com uma fã chamada Tina, cujo amigo David requisitou o contato do líder do Megadeth e disse (via Blabbermouth):

Eu soube que você agora é uma grande fã de ‘Fatal Illusion’ [canção do Megadeth]. Isso é legal. Na verdade, nós temos uma música no novo disco — intitulada ‘The Dogs Of Chernobyl’ — que é muito parecida com ‘Fatal Illusion’. Então, eu espero que você goste desta faixa quando tiver o novo álbum. Não vai demorar. Só falta terminar as partes quando eu chegar em casa [Mustaine está de férias na Flórida]. A parte do baixo está toda pronta. E não vai demorar.

Megadeth, David Ellefson e o baixo do novo disco

Ellefson foi demitido do grupo em Maio deste ano, alguns dias depois de um escândalo sexual envolvendo seu nome e pedofilia parar no Twitter.

No mês passado, Mustaine anunciou durante um episódio do programa de rádio The Dave Mustaine Show que o baixo que Ellefson gravou para o novo trabalho de estúdio não seria usado.

David Ellefson estava na fundação do Megadeth em 1983 e permaneceu na banda até 2002, tendo saído por um tempo e retornado em 2010.

O grupo voltará aos palcos junto com o Lamb of God para um show em Austin, nos Estados Unidos, em 20 de Agosto. O Megadeth também está escalado para o Knotfest Iowa em Setembro.

LEIA TAMBÉM: Megadeth: guitarrista diz que perdeu teste com Mandonna para tocar na banda