Tina Fey e Amy Poehler irão apresentar o Globo de Ouro
Reprodução / YouTube
 

Agora é oficial.

A emissora NBC não transmitirá a cerimônia do Globo de Ouro em 2022 em razão da controvérsia a respeito da falta de diversidade entre os membros votantes.

O anúncio foi feito nesta segunda-feira (10) e chega depois de um artigo do jornal Los Angeles Times publicado em Fevereiro.

A reportagem constatou que a premiação deixava bastante a desejar quando o assunto era representatividade dentro da HFPA (Hollywood Foreign Press Association) e a entidade que regula o Globo de Ouro foi duramente criticada.

Entre as 87 pessoas que votam nas diversas categorias da premiação de cinema e televisão, não há sequer um membro preto. Também recaíram sobre a HFPA acusações de comportamento sexista e homofóbico, tanto que ela se manifestou posteriormente.

Essa manifestação serviu para anunciar reformas, como a inclusão de mais pessoas latinas, pretas e asiáticas entre os votantes, mas as mudanças dependiam da aprovação de todos os participantes da organização e no fim das contas tudo continuou igual.

“Continuamos a acreditar que a HFPA está comprometida em fazer uma reforma significativa. Contudo, uma mudança dessa magnitude toma tempo e trabalho, e sentimos fortemente que a HFPA precisa de tempo para fazer isso da maneira certa. Sendo assim, a NBC não vai transmitir o Globo de Ouro em 2022. Supondo que a organização vai seguir com a execução destes planos, nós estamos esperançosos de que poderemos voltar a transmitir em Janeiro de 2023,” disse a NBC através de comunicado.

Super boicote

A NBC se junta a gigantes do entretenimento como WarnerMedia, Netflix e Amazon Studios, empresas que já haviam anunciado boicote ao Globo de Ouro como medida para pressionar a HFPA a realizar tais mudanças.

Organizações como a Time’s Up e a The National Association of Black Journalists também se posicionaram contra a HFPA.

Ainda houve um movimento entre a classe artística em Hollywood, com atores e atrizes como Scarlett Johansson e Mark Ruffalo falando contra a HFPA e Tom Cruise devolvendo três estatuetas do Globo de Ouro.

A NBC transmitia a cerimônia do Globo de Ouro desde 1996.

LEIA TAMBÉM: De novo: Globo de Ouro esnoba mulheres na categoria de Melhor Direção