James Franco e Seth Rogen em
Ouça a Playlist Climão de Dia dos Namorados!   Ouça o novo álbum do Melim!  

Parceiros no cinema há muito tempo, Seth Rogen James Franco não devem trabalhar juntos novamente ou pelo menos pelo futuro próximo.

Isso porque, há algum tempo, surgiram diversas acusações de abuso contra Franco e Rogen parece ter mudado de opinião — em 2018, ele comentou que continuaria trabalhando com James. A nova fala veio em entrevista com o Sunday Times (via Vulture), quando questionado sobre possíveis novas parcerias:

A verdade que eu não [trabalhei com Franco], e não planejo por agora. O que eu posso dizer é que eu desprezo o abuso e o assédio, e eu nunca iria cobrir ou esconder as ações de alguém que estivesse fazendo isso, ou sabidamente colocaria alguém em uma situação na qual essa pessoa estaria próxima de alguém assim.

Os comentários de Rogen sucedem acusações da atriz Charlyne Yi, que trabalhou com James no filme Artista do Desastre (2017) e tentou deixar a produção após saber das acusações contra Franco. Ela afirma que foi subornada com a oferta de um papel mais proeminente, algo que segundo ela teria passado por Seth:

Seth Rogen era um dos produtores nesse filme então ele definitivamente sabe sobre o suborno e o porquê de eu ter saído. Seth também fez uma esquete no Saturday Night Live com o Franco sendo conivente com o Franco assediando crianças. Logo depois do Franco ser pego.

Seth Rogen e James Franco

A esquete em questão aconteceu em 2014, que basicamente consistiu em fazer piada com a situação à época recém-revelada de que Franco teria se insinuado sexualmente a uma garota de 17 anos pelo Instagram. Em Janeiro de 2018, cinco mulheres acusaram o ator publicamente de “coerção sexual e exploração”; o processo foi para a Justiça e as partes envolvidas fecharam um acordo.

Falando sobre todo esse incidente nessa nova entrevista, Rogen se mostrou arrependido e comentou:

Eu de fato olho para essa piada que eu fiz no Saturday Night Live em 2014 e eu me arrependo muito de ter feito essa piada. Foi uma piada terrível, honestamente. E eu também olho para essa entrevista de 2018 onde eu comento que eu continuaria trabalhando com o James, e a verdade é que eu não trabalhei nem pretendo por agora.

Ele garantiu que “não é uma coincidência” que a dupla nunca mais trabalhou junta e também afirmou não ter “pena de si mesmo”, dizendo que por mais que a mudança de dinâmica entre os dois tenha sido “dolorosa” ela “não é tão dolorosa ou difícil como é para tantas outras pessoas envolvidas”.

Rogen e Franco trabalharam juntos em diversos filmes, incluindo o sucesso Pineapple Express (Segurando as Pontas, de 2008) e a animação Festa da Salsicha (2016).

 
 
Compartilhar