Glenn Danzig do Misfits
Foto: Wikimedia Commons
 

Grande expoente do Punk em décadas passadas, Glenn Danzig acha que não teria tido o mesmo sucesso com o Misfits se sua música tivesse surgido hoje em dia. Aliás, segundo ele, não haveria oportunidade para isso pois ele seria “cancelado” antes.

Citando o clássico “Last Caress”, cuja letra traz frases como “Eu tenho algo a dizer / Eu matei seu bebê hoje” e “Bom, eu tenho algo a dizer / Eu estuprei sua mãe hoje”, o músico afirmou que tudo isso era parte de um movimento do Punk para irritar e chocar as pessoas, algo que seria impossível nos dias atuais.

Ele fez os comentários em uma entrevista à Rolling Stone (via Metal Injection), explicando seu ponto de vista:

[Last Caress] é simplesmente uma música doideira. Nós faríamos as coisas só para irritar as pessoas. Parte da música [é sobre as coisas mais fodidas que podíamos pensar], sim. Tipo, ‘Foda-se todo mundo. Foda-se você, foda-se você, foda-se você, foda-se o mundo.’ E essa era basicamente a atitude. Era só tipo, ‘Foda-se o seu sistema, foda-se toda essa merda.’

Era algo diferente. Eu não acho que as pessoas vão ver algo assim de novo. Não surgirão novas bandas desse jeito. Agora, elas vão ser imediatamente canceladas.

As pessoas não entendem, porque tudo é tão ‘cultura do cancelamento’, essas merdas de lacração hoje em dia, mas você nunca poderia ter a explosão do Punk hoje em dia, por causa da cultura do cancelamento e dessa merda de lacração. Você nunca poderia tê-la. Nunca teria acontecido. Nós temos sorte que aconteceu quando aconteceu, porque nunca vai acontecer de novo. Você não vai ter esse tipo de bandas nunca mais. Todo mundo é tão certinho e politicamente correto, é só tipo, ‘Ok, tanto faz’.

Vale lembrar que diversas das bandas que colaboraram para a explosão do Punk, como o Bad Brains, faziam críticas políticas muito mais diretas e, apesar de usarem uma linguagem certamente agressiva e forte, provavelmente não teriam que se preocupar com o cancelamento nos dias atuais.

LEIA TAMBÉM: Metallica: veja show icônico com covers Punk censurado pela MTV

 
 
Compartilhar