Eddie Murphy
   

Apesar de ser um dos atores mais conhecidos da história, Eddie Murphy quase largou de vez a carreira depois de algumas críticas que lhe atingiram com força.

Foi lá no meio pro final dos anos 2000 que ele resolveu tirar um tempo após ser “premiado” no Framboesa de Ouro com o título de Pior Ator da Década, além de ter sido eleito o Pior Ator, Pior Ator Coadjuvante e Pior Atriz Coadjuvante pelo filme Norbit (2007) em que viveu vários personagens de uma vez só.

Ele falou mais sobre isso em uma entrevista com o podcast de Marc Maron (via CoS):

Eu estava fazendo uns filmes de merda. Eu fiquei tipo,’ Essa merda não é divertida. Eles estão me dando Framboesas de Ouro…’ Os filhos da puta me deram o Framboesa de Pior Ator de Todos os Tempos. [Então eu pensei], ‘Talvez seja hora de tirar um tempo.’

Eu só ia tirar um ano de folga, mas de repente se passaram seis anos e eu estou sentado no sofá. Eu poderia sentar no sofá e não sair mais dele, mas eu não quero que as últimas merdas que me vejam fazer [sejam] essas merdas. O plano era fazer [Meu Nome É] Dolemite, Saturday Night Live, Um Príncipe em Nova York 2 e aí fazer stand-up para ver como eu me sentia depois. Assim pelo menos saberiam que eu [ainda] sou engraçado.

De fato, por enquanto, o plano vem dando certo: a atuação de Murphy em Meu Nome É Dolemite, de 2019, foi bastante elogiada. Da mesma forma aconteceu com o retorno como apresentador no Saturday Night Live e, por mais que diversas críticas tenham vindo com Um Príncipe em Nova York 2, é inegável que tem muita gente se divertindo com o longa por aí.

Tanto é que o próprio Framboesa de Ouro reconheceu os esforços do ator, lhe concedendo o prêmio de Redenção em 2019. Mas não se aposenta não, Eddie!

   
 
Compartilhar