Ozzy Osbourne no programa de Howard Stern em 1996
Reprodução/YouTube
 

Em 1996, Ozzy Osbourne deu uma entrevista sensacional a Howard Stern em seu programa na qual falou sobre a sua experiência com a reabilitação.

O cantor havia acabado de passar por um de seus piores períodos com o vício em drogas e álcool e acabou contando uma história hilária sobre como foi convencido pela esposa, Sharon, de que iria ao local não para ficar sóbrio mas para “aprender a beber como um cavalheiro”:

Eu fui aos Betty Fords [centros de reabilitação] e ao AA [Alcoólatras Anônimos] e para ser sincero eu aprendi algumas coisas básicas ali. Mas no fim das contas, se você quiser fazer qualquer coisa nesse mundo, você tem que realmente querer. [Stern: ‘Você tem que fazer sozinho?’] Não, você precisa de ajuda. Mas a questão inicial… Sabe, minha esposa [Sharon] me colocou no Betty Ford, e eu juro por Deus que é a verdade, esperando que fossem me ensinar a beber como um cavalheiro.

Eu era como um pirata, cara! Eu mergulhava nos bares e não parava de beber. [Stern: ‘Seria bom se você pudesse tomar uns coquetéis e parar, né?’] Eu fui pra lá com um terno, tipo, Giorgio Armani e gravata e eu estou pronto para, sabe, ‘Alguém pode me dizer onde ficam os coquetéis?’ E todos me olhavam como se eu tivesse acabado de chegar de Marte! [Stern, aos risos: ‘Você foi ao Betty Ford e pediu pelo bar?’] Foi o que eu fiz, cara! Foi o único jeito dela me colocar no maldito lugar!

No papo, ele também comentou como acabou (provavelmente) conhecendo a própria Betty Ford, ex-primeira dama dos EUA durante a presidência de Gerald Ford, e como achou que poderia levar drogas para o local:

E eu estava com os bolsos cheios de Valium, remédio para dormir, coca… e eles, tipo, ‘Esvazie seus bolsos!’ E eu fiquei, tipo, ‘Não! Por quê?’ E estava cheio de Valium, remédio para dormir, cocaína, seringas. […] Porque a única forma da minha esposa me convencer a ir foi falando, tipo, ‘Olha, eles vão te ensinar a fazer direito.’ Sabe, porque eu achava que estava fazendo errado — eu sempre acordava em lugares bizarros e inesperados.

[…]

E as portas estavam fechadas, e a Betty Ford entrou lá e falou tipo, ‘Esse é o… eita.’ [Stern: ‘Você falou com a Betty Ford, então?’] Eu falei! Eu acho que falei.

É, a cada dia mais nós percebemos que temos muita sorte de ainda poder contar com Ozzy por aqui! Você pode conferir o vídeo na íntegra logo abaixo.

Ozzy Osbourne relembra ida à reabilitação em entrevista de 1996

 
Compartilhar