Festival Rhythm and Vines, na Nova Zelândia
Reprodução/Instagram

A Nova Zelândia tem sido exemplo de como o lockdown pode ser eficiente, apesar de alguns questionamentos sobre a eficácia da medida em locais cujas fronteiras não sejam tão bem definidas como as da ilha da Oceania.

O fato é que por lá a COVID-19 está totalmente sob controle — não se registra um caso de transmissão comunitária há meses — e isso permitiu a realização do festival Rhythm and Vines, o maior do país, sem qualquer necessidade de uso de máscaras ou distanciamento social.

Foram cerca de 20 mil pessoas que tomaram a cidade de Gisborne para os três dias de evento, que teve como atração principal BENEE, fenômeno do Pop local que viralizou no TikTok e logo ganhou reconhecimento mundial.

Também se apresentaram por lá outros grandes artistas do país como Fat Freddy’s DropShapeshifter, e você pode ver registros do festival logo abaixo. Infelizmente, aqui no Brasil, não temos qualquer previsão de quando poderemos viver momentos assim novamente… que saudades!

Festival Rhythm and Vines na Nova Zelândia

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Rhythm and Vines (@rhythmandvines)

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Rhythm and Vines (@rhythmandvines)

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Rhythm and Vines (@rhythmandvines)

 
Compartilhar