Spike Lee em Cannes, 2018
Foto de Spike Lee via Shutterstock
Ouça nova versão do disco ao vivo do Pink Floyd!  

É, você leu certo: 2020 é o ano mais estranho de nossas vidas e Spike Lee vai dirigir um musical sobre Viagra. Sim, aquele Viagra.

Mas antes que você tenha ideias erradas sobre a proposta de Spike, o Deadline informa que a trama será mais focada na história de como dois jovens descobriram a droga que mudou para a sempre a vida de homens que sofrem com a impotência sexual e virá baseado no artigo All Rise: The Untold Story of the Guys Who Launched Viagra (Todos de Pé: A História Não-Contada dos Caras que Lançaram o Viagra), publicado na revista Esquire em 2018.

Além de Lee na direção, o longa terá um roteiro co-escrito por Kwame Kwei-Armah, ator, diretor e roteirista britânico. Para se ter uma ideia do que vem por aí, a CoS destaca a sinopse divulgada no artigo de 2018:

Já se passaram 20 anos desde que o VIAGRA CHEGOU AO MERCADO, mudando para sempre a vida sexual dos homens (e a de seus parceiros). Mas antes daquela pequena pílula azul que poderia se tornar figurinha carimbada nas mesas ao lado das camas e nas pochetes de jovens em festas, a droga teve de superar resistência de Wall Street, do Capitólio de medicina e da Igreja Católica. Era trabalho de quem convencer as instituições mais poderosas de que todos os homens mereciam ter ereções? Dois caras. Essa é a história de como uma dupla improvável chegaram até o topo de uma indústria de 3 bilhões de dólares por ano.

O pior é que parece interessante!

Filme de Spike Lee sobre Viagra

O premiadíssimo Spike Lee não aceitaria um projeto como esse sem uma bela equipe por trás, e a música ficará a cargo de dois ganhadores do prêmio Tony pelo musical Passing StrangeMark “Stew” Stewart e Heidi Rodewald.

Ainda não há um título para a obra de Spike nem informações sobre uma possível data de lançamento, então por enquanto o jeito é esperar.

 
Compartilhar