Johnny Depp em Animais Fantásticos e Onde Habitam
Reprodução/Warner Bros.
 

Johnny Depp anunciou nesta sexta-feira (6) que está oficialmente fora da franquia Animais Fantásticos e Onde Habitam.

O ator deixou implícito em seu comunicado que o resultado negativo de seu processo contra o tabloide The Sun, que o chamou de “espancador de mulheres”, pode ter sido o motivo. Depp interpretou o bruxo Gellert Grindelwald em dois filmes do spin-off de Harry Potter.

O artista declarou:

Eu gostaria que vocês soubessem que fui convidado pela Warner Bros. a deixar meu papel como Grindelwald em ‘Animais Fantásticos’. Respeitei e concordei com esse pedido.

No comunicado publicado no Instagram, o ator ainda agradece aqueles que o apoiaram e declara que vai ‘continuar lutando’. Além do processo contra o tabloide, Johnny Depp também está na justiça contra a atriz Amber Heard, sua ex-mulher que o acusou de agressão.

Futuro de Animais Fantásticos

Neste mesmo dia, a Warner Bros. também soltou um comunicado para falar sobre o assunto.

Sem comentar o motivo da demissão, o estúdio desejou boa sorte ao ator e, em seguida, ainda declarou que a produção do terceiro filme da franquia já começou, mas que ele foi adiado mais uma vez — agora para o verão americano de 2022.

Vale lembrar que, de acordo com as declarações da autora e roteirista J.K. Rowling (que também tem polêmicas na conta), o próximo longa terá cenas no Brasil.

Johnny Depp na franquia

Justamente por conta do suposto caso de agressão contra Heard, que aconteceu em 2016, a presença de Depp no elenco da franquia sempre foi alvo de críticas.

À época de seu anúncio, Rowling chegou a defender o ator e declarou que o manteria no elenco.

Agora, o papel de Grindelwald terá outro ator.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Johnny Depp (@johnnydepp) on