Dave Mustaine e Bruce Dickinson
Foto de Bruce Dickinson por Stephanie Hahne/TMDQA!

Como você já deve saber, Dave Mustaine passou por situações bem complicadas no final de 2019 ao descobrir um câncer — mas já está recuperado e voltou feliz da vida em 2020, como te contamos por aqui.

Falando justamente sobre esse processo de recuperação do problema na garganta, o lendário músico do Megadeth relatou que teve ajuda de outra lenda do Metal durante toda essa batalha: Bruce Dickinson, vocalista do Iron Maiden.

Em conversa com a Forbes, Mustaine explicou:

Depois que eu fui diagnosticado com isso, eu pensei, ‘Eu quero ligar pro Bruce’. Não é como se eu tivesse uma agenda completa de amigos do Rock que cantam Heavy Metal que tenham câncer na garganta. [risos] Então minhas escolhas foram limitadas.

Eu fiquei muito orgulhoso do Bruce depois de falar com ele. Ainda que não sejamos muito próximos, eu o considero alguém que eu admiro. Ele basicamente me disse a mesma coisa que eu acabei de falar pra você: se cerque de pessoas, lugares e coisas boas, animadas e positivas e tente não causar nenhum estresse desnecessário em si mesmo.

Quando você é o frontman de uma das maiores bandas da galáxia, você na verdade não precisa tolerar muito o frontman de outras bandas, mas ele sempre foi muito gentil comigo e muito, eu não quero dizer ‘cavalheiro’, porque eu não quero ninguém pense que ele é um filho da puta malvadão!

Vale lembrar que Bruce Dickinson teve uma situação de saúde bastante parecida com a que viveu Mustaine, então, como ele mesmo falou acima, era uma escolha lógica procurar o colega de profissão para conselhos.

Ainda bem que passou!

Dave Mustaine

Já recuperado, Mustaine voltou a trabalhar no novo disco do Megadeth e por enquanto muitas informações ainda estão sendo mantidas em segredo. O frontman já deu dicas, no entanto, inclusive dizendo que poderemos ver diversas covers na obra.

O álbum também será o segundo de Kiko Loureiro na guitarra e, segundo o baixista David Ellefsondeve soar “humanamente impossível” de tocar e trazer diversas influências do Prog e outros gêneros mais técnicos do Metal.