Fiona Apple - Fetch The Bolt Cutters
 

O aguardado Fetch the Bolt Cutters, primeiro disco de Fiona Apple desde The Idler Wheel… (2012), correspondeu à espera e superou todas as expectativas.

O sucesso foi tanto que, após a opinião de 24 veículos de crítica, o disco obteve nota máxima em todas as resenhas e se tornou o álbum mais bem avaliado da história do Metacritic, site conhecido por agregar notas de sites especializados e também de usuários.

Para isso, ele superou Ten Freedom Summer (2012), de Wadada Leo Smith, que tinha uma nota acumulada de 99 (de 100 pontos possíveis) baseada em 8 resenhas, e outras grandes obras como To Pimp a Butterfly (2015), de Kendrick Lamar, com 96 de nota agregada.

Fiona Apple e os melhores discos da história no Metacritic

A lista dos 10 melhores discos pelo Metacritic tem, além dos já citados acima, SMILE (2004) de Brian WilsonVan Lear Rose (2004) de Loretta Lynn, Ghosteen (2019) de Nick Cave & the Bad SeedsHistoire de Melody Nelson (2009) de Serge GainsbourgDAMN. (2017) de Kendrick LamarStankonia (2000) do OutKast, e Black Messiah (2014) de D’Angelo.

Vale lembrar, no entanto, que essas são as notas agregadas dos críticos. O site também junta as pontuações dadas pelos próprios usuários, e alguns dos discos que estão no top 10 dos especialistas não chegam nem perto disso para o público geral — o álbum de Wadada Leo Smith, por exemplo, tem nota média 4,6 com base nas opiniões de usuários do site.

Na opinião geral, Fetch the Bolt Cutters também está muito bem posicionado com nota média 8,7, mas aparece atrás de The Idler Wheel… que obteve 8,9. Nesse momento, o disco mais bem avaliado pelos fãs é Map of the Soul: 7 (2020), do BTS, com média de 9,6 pontos. Ele é seguido por Petals for Armor (2020), de Hayley Williams, com 9,4.

Você pode conferir a lista completa dos discos na avaliação de críticos por aqui e na avaliação dos usuários por este link.

LEIA TAMBÉM: Fiona Apple: assista e relembre especial incrível na MTV em 1999