Terno Rei no Cultura Livre
Foto: Reprodução/YouTube
   

Foi um Cultura Livre e tanto para os fãs da banda Terno Rei, que participou do programa transmitido pela TV Cultura neste sábado, dia 9. Além de tocar um cover pela primeira vez, os meninos falaram sobre o processo de produção do aclamado disco Violeta e revelaram que já estão pensando no próximo álbum.

O guitarrista Bruno Rodrigues respondia a questão da apresentadora Roberta Martinelli sobre aparecer cantando pela primeira vez num álbum do Terno Rei quando entregou que, provavelmente, outras vozes aparecerão no futuro trabalho.

“Vamos chamar a Liozinho, da Tuyo, para fazer uma música no nosso disco,” sugeriu o vocalista Ale Sater, instigando ainda mais os fãs que já especulavam e pediam pela parceria. O guitarrista Greg Maya revelou que talvez também solte a voz.

Melhores Álbuns do Ano

Foi Greg também que brincou com o fato de o Terno Rei estar na “lista das bandas que nunca entraram em listas” (de melhores discos do ano), fato que deve mudar em 2019, já que eles certamente vão aparecer aqui na nossa lista, que sai em breve.

Eles se recordam de quando lançaram um trabalho em novembro e não tiveram um retorno tão positivo por conta dos eventos de final de ano e, em tom de brincadeira, afirmaram que talvez fiquem de fora dessa vez de novo, porque as pessoas podem esquecer do Violeta, que foi lançado no começo do ano, lá em fevereiro.

Terno Rei

A banda falou ainda sobre a demora no processo de produção e lançamento de um trabalho e como eles se sentem quando o disco finalmente é divulgado: “normalmente quando lança é a hora que já deu”, declarou Ale, sobre a exaustão de passar um ano e meio trabalhando nas mesmas canções, como foi o caso do álbum mais recente. Bruno detalhou esses meses: “é tanto tempo fazendo a música, gravando, depois ouvindo, mixando e masterizando. Mas tocar ao vivo dá um ânimo”, confessa.

A escolha do nome Violeta, explicaram, é porque ele representa simplicidade, delicadeza e sensibilidade. “Tem a ver com as composições do disco,” revelou o vocalista.

Foram influências para eles nesse período nomes como Beach House, Neil Youg, Raça, Djavan, Jorge Ben e Almir Sater, primo de Ale, voz principal do grupo. Esses e outros artistas aparecem numa playlist feita por eles e que você pode ouvir abaixo. “A gente sempre faz essa playlist para mostrar um pouco do que a gente estava ouvindo no momento da gravação”, contaram.

Bruno classifica como “complicada” a tarefa de conseguir unir as referências de todos os integrantes num disco, já que quem consegue se destacar hoje em dia, analisa, geralmente são pessoas que fazem tudo sozinha, gravando bateria, baixo, voz e sintetizadores, e que depois chamam alguém pra tocar ao vivo e fazer os shows.

Terno Rei canta “Eu Amo Você”

Pela primeira vez a banda gravou um cover para a Faixa Bônus do programa e a canção escolhida foi “Eu Amo Você”, do Cassiano, mas conhecida na voz de Tim Maia. Eles definiram a versão como “não tão soul” e “mais indie”. Assista:

E aqui veja ao programa completo, em que eles prometem soltar em breve um clipe para a música “Yoko”:

 
 
Compartilhar