Willie Nelson no programa de Jimmy Fallon

Não é segredo para ninguém que o mestre da música country Willie Nelson é um apreciador da maconha.

Há algum tempo ele fala sobre a erva sempre que tem oportunidade e agora o músico esteve no programa de Jimmy Fallon onde falou sobre música (e como adora a vida na estrada mesmo aos 86 anos de idade), o novo disco Ride Me Back Home e, é claro, sua relação com a cannabis sativa.

Willie, que aproveitou a legalização da maconha em vários estados dos Estados Unidos para fundar a empresa Willie’s Reserve, disse primeiro que a droga salvou a sua vida:

Eu costumava fumar dois ou três maços de cigarro por dia e beber qualquer coisa que tivesse para beber. Tive pneumonia quatro ou cinco vezes, meu pulmão parou de funcionar, eu quase morri.

Aí eu pensei, ‘Peraí. Eu não estou ficando tão chapado com os Chesterfields [marca de cigarros]’. Então eu joguei os cigarros fora, enrolei 20 baseados e coloquei na caixinha. Eu nunca mais fumei um cigarro na minha vida.

LEIA TAMBÉM: Willie Nelson abriga mais de 70 cavalos resgatados no seu “rancho da sorte”

Willie Nelson é o “Testador Chefe”

Mais pra frente na entrevista, Willie disse que se deu o cargo de CTO na empresa que produz e vende maconha, sendo assim o “Chief Testing Officer”, o “Testador-Chefe” em uma alusão ao cargo de CEO (“Chief Executive Officer”).

Ele ainda brincou dizendo que nos seus testes nunca encontrou uma amostra da qual não tenha gostado.

 
Compartilhar