Rodrigo Lima do Dead Fish no Oxigênio Fest 2018-2
Foto: Stephanie Hahne
Ouça o novo disco de Diego Tavares!  

O Dead Fish não está segurando nada enquanto divulga seu aguardado novo disco, Ponto Cego.

Depois de afirmar que o trabalho é “para incomodar mesmo” e soltar a pedrada “Sangue Nas Mãos”, que faz duras críticas a políticos brasileiros e seus eleitores, o vocalista Rodrigo Lima falou um pouco mais sobre o objetivo do material.

Em um vídeo de bastidores divulgado no Instagram da banda, Lima revela:

A ideia do álbum é vida em condomínio. É a vida medíocre do homem médio, branco, de classe média, paulistano, embotado, burro, fascista, direitista, caipira. ‘E não termina assim, é só o começo / Quem paga o preço para o 1 por cento enriquecer e prosperar? / Visto de cima não parece tão ruim’. Essa estrofe é tipo pegar o meu vizinho filho duma puta, white pardo, e dar na cara dele.

Para ninguém se fazer de desentendido depois, hein?

Dead Fish e o seu novo disco, Ponto Cego

O oitavo disco de estúdio da banda capixaba chega nesta sexta-feira, dia 31 de Maio.

Ouça a nova música de Juliah!