Moby e Donald Trump
Fotos: Wikimedia Commons
   

A nova autobiografia de Moby traz um relato bastante polêmico — e diria até infeliz — de seu encontro com Donald Trump.

No livro, o músico americano que já se posicionou contra o atual presidente dos Estados Unidos algumas vezes disse que chegou a “esfregar o pênis” no empresário. A situação aconteceu durante uma festa em 2001.

Em seu relato (via Stereogum), o DJ afirma que estava muito bêbado e “chapado”, e que foi desafiado a fazer a brincadeira de mau gosto.

Eu fui desafiado a esfregar meu pênis bêbado e flácido contra a roupa de Donald Trump. Entretanto, no espírito do alcoolismo, minha memória é essa: como eu estava muito bêbado e chapado na hora, ainda não tenho 100% de certeza que realmente aconteceu. Mas mesmo tendo acontecido há quase 20 anos, ainda estou perpetuamente chocado pelo fato que os americanos tenham eleito como presidente um vigarista mal-humorado cuja única fama é que ele já apresentou um programa de TV medíocre.

Ele conta que apenas colocou seu membro para fora da calça e, disfarçadamente, passou por Trump para encostar em seu casaco. Moby diz ainda que não sabe exatamente se conseguiu se esfregar no político, já que estava alterado.

Eu, hein…

A passagem fará parte do livro Then It Fell Apart, com lançamento previsto para 2 de Maio.

LEIA TAMBÉM: Estrela de Donald Trump na Calçada da Fama volta a ser vandalizada

 
Compartilhar