Rodolfo Abrantes em entrevista
Foto: Reprodução / YouTube
 

Há alguns dias a gente falou por aqui sobre entrevistas que integrantes da formação clássica dos Raimundos deram ao canal Minha Brasília.

Por lá, Canisso e Digão conversaram abertamente sobre a saída do vocalista Rodolfo e enquanto o baixista revelou que existiu muita mágoa e que por exemplo Rodolfo deixou de ser padrinho do seu filho por conta da religião, o guitarrista e hoje vocalista da banda foi mais direto.

Digão disse que respeita a decisão de Rodolfo de seguir dedicando a sua vida à religião, mas criticou a forma como o músico simplesmente saiu da banda sem preparar as coisas para que, por exemplo, todos os integrantes do Raimundos e seus roadies guardassem economias da única fonte de renda que tinham.

Além disso, Digão ainda criticou o fato de que Rodolfo diz que se arrepende do seu passado com a banda mas usufrui do dinheiro vindo de royalties a partir dela.

Ao final do seu depoimento, quando questionado sobre um show de reunião, Digão diz que não toparia fazer pela grana e que um show só não faria sentido. Ele pensa sobre uma turnê mas acaba dizendo que o que queria mesmo é que ele se entendesse com Rodolfo e os dois se tornassem “brothers de verdade”, deixando sinais claros de que o ex-vocalista do Raimundos está em outra “onda” e passa a maior parte do seu tempo pregando (assista ao final do post):

Se a gente fizesse um show iria criar uma falsa esperança. Se fosse fazer uma turnê foda… Mas não cara, não por dinheiro. Eu queria conversar com o Rodolfo e ele não vir com essa história de Deus, Jesus, não sei o que. Porque todo mundo que eu encontro que fala que encontrou com ele..

Teve até um cara que falou que esses dias sentou do lado dele e ele conversando com o cara do lado ficou tentando evangelizar o cara. Sabe, não vai rolar. Eu creio em Deus, tenho a minha crença, mas po, não vou entrar nessa onda.

Pois bem, no vídeo abaixo é possível ver uma entrevista com Rodolfo que rolou há pouco tempo na Conferência Live 2017, e durante pouco mais de 11 minutos o cara só fala de religião da forma mais fervorosa possível.

Com frases como “a gente precisa saber onde Deus quer nos usar” e “a questão é: o que Deus mandou você fazer? Se Deus te mandou largar tudo, largue tudo” ele deixa bem claro que não faria nenhum sentido voltar ao Raimundos e que o que realmente ocupa a cabeça dele 24 horas por dia hoje em dia é a religião, Deus e Jesus Cristo.

LEIA TAMBÉM: Recordar é viver – Raimundos e Charlie Brown Jr. juntos no Musikaos

Do ponto de vista dos fãs, mesmo aqueles que gostariam de ver a formação clássica reunida, fica claro que seria algo completamente artificial e sem sentido. Já imaginou um sermão entre apresentações de canções como “Puteiro em João Pessoa” e “Eu Quero Ver o Oco”? Não dá né?

Além disso, e talvez mais importante: o Raimundos está muito bem. A banda lançou um grande disco com Cantigas de Roda em 2014, acabou de gravar um DVD Acústico, fez show surpresa com Fred no Rock In Rio e tem feito grandes shows pelo país com as suas turnês. Vida longa!

   
Nosso site utiliza de cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Consulte nossa Política.
 
Compartilhar