Virada Cultural
 

Em uma coletiva de imprensa, o futuro prefeito da cidade de São Paulo, João Doria, confirmou seus planos de transferir a Virada Cultural para o autódromo de Interlagos, na Zona Sul da cidade.

Vamos deslocar a Virada Cultural para um único local e não vai ser no Centro da cidade. Vamos fazer a Virada Cultural acontecer em Interlagos, 24 horas, com segurança, com transporte, com conforto e sem os transtornos que, infelizmente, pela dimensão que ela assumiu ela proporciona. Ela vai manter tudo de bom que ela sempre teve, sem os aspectos ruins em Interlagos.

Ele ainda adicionou:

Não incomoda a população, não tem adensamento populacional em volta, tem os trens que vão funcionar 24 horas da CPTM, tem as linhas de ônibus que vão ser colocadas, exclusivamente, saindo do centro da cidade, Praça da Sé, Vale do Anhangabaú, Largo do Arouche, mais outros 2 pontos para permitir o acesso das pessoas à Virada Cultural.

Apesar de existirem rumores sobre uma possível privatização do autódromo, Doria confirmou que o evento continuará sendo de gratuito acesso: “A Virada Cultural continuará sendo absolutamente gratuita, em qualquer circunstância, mesmo com o autódromo privatizado”, afirmou.

A Virada é um evento anual que acontece em São Paulo desde 2005 e promove, durante 24 horas, contínuos eventos culturais, como shows, peças de teatro, exposições, entre outros.