Show de Emicida em São Paulo terminou com fãs agredidos pela polícia
Reprodução: YouTube/Twitter

No último domingo (28), um show de Emicida, Rashid e Drik Barbosa na Virada Cultural de São Paulo terminou com fãs humilhados e agredidos pela Polícia Militar.

Um vídeo publicado pelo estudante Thiago Torres mostra uma aborgadem sofrida por ele e um amigo, em que os agentes xingam os jovens por estarem fumando maconha e tentam tomar o celular deles.

As imagens não mostram, mas Thiago disse em relatos no Twitter que os policiais torturaram seu amigo, forçando-o a comer a droga, e depois o enforcaram. Já o estudante teria sido agredido com chutes.

Ao descobrirem que a abordagem estava sendo filmada – o que é um direito do cidadão – os PMs ameaçaram “plantar” drogas em sua mochila e levá-lo à delegacia, mas desistiram após Thiago dizer que é conhecido na internet. Ele é militante e dá palestras sob o apelido Chavoso da USP.

Emicida se pronuncia

Horas após a publicação do vídeo, Emicida também foi ao Twitter para reprovar a ação da Polícia. O rapper disse que as autoridades são “incapazes de lidar de maneira humana com o jovem periférico”:

Triste demais que uma noite tão bonita ontem no palco Brasilândia, tenha terminado de um jeito tão ruim pro irmão Thiago Torres (@chavosodausp). Infelizmente, as forças de ‘segurança’ continuam despreparadas e truculentas, incapazes de lidar de maneira humana com o jovem periférico. Lamentável e frustrante esse episódio (que lamentavelmente não é isolado).

Muito triste… Confira abaixo o vídeo e os relatos de Thiago Torres e a resposta de Emicida.

LEIA TAMBÉM: Mãe de aluno vandaliza livro infantil de Emicida com críticas às religiões de matriz africana

OUÇA AGORA MESMO A PLAYLIST TMDQA! METAL

Nu Metal, Metalcore, Heavy Metal, Thrash e muito mais: todo peso das guitarras aparece na Playlist TMDQA! Metal para você ouvir clássicos e conhecer novas bandas agora mesmo. Siga o TMDQA! no Spotify!