Titãs com Beto Lee

A lendária banda brasileira Titãs acabou de anunciar que Paulo Miklos, um dos integrantes que ajudou a moldar o som da banda desde o início, está se desligando do grupo por uma decisão pessoal, para se dedicar a projetos individuais.

Engana-se, porém, quem acha que a banda irá encerrar as atividades, já que junto com o comunicado veio o anúncio de uma nova formação que irá seguir em frente e terá Branco Mello, Sergio Britto e Tony Bellotto ao lado de Beto Lee, que se junta ao grupo e ao baterista Mário Fabre.

Leia o comunicado na íntegra:

Os Titãs informam que Paulo Miklos se desliga da banda, por decisão pessoal, para se dedicar a projetos individuais.
Branco Mello, Sergio Britto e Tony Bellotto prosseguem como Titãs, com o apoio da gravadora Som Livre e de seu imenso público, honrando compromissos assumidos e outros que venham a surgir, fazendo shows com as canções que imortalizaram o grupo e criando novas músicas e projetos.
O guitarrista Beto Lee se junta ao baterista Mário Fabre na dupla de músicos especialíssimos que acompanharão os Titãs de agora em diante, nessa nova geração.
Os Titãs, ao longo de 34 anos de uma carreira exitosa, experimentaram várias formações sempre preservando a essência e o vigor de suas canções. Como um organismo coletivo que suplanta as individualidades que o compõem, os Titãs seguem determinados, impulsionados por inquietação e ambição artística, e orgulho das glórias conquistadas.

Titãs

O último disco de estúdio da banda é o ótimo Nheengatu, lançado em 2014 e parte da lista de melhores discos nacionais daquele ano aqui no Tenho Mais Discos Que Amigos!

O álbum foi lançado pela Som Livre, citada no comunicado como um grande apoio para a banda, e que deve permanecer ao seu lado.

Você pode ler um especial que fizemos com o grupo, com um ranking do pior ao melhor álbum da sua carreira, clicando aqui.

 
Compartilhar