A volta do Eagles Of Death Metal a Paris durante um show do U2 foi uma ótima surpresa para os fãs da banda e todos aqueles que acompanharam as notícias sobre os ataques terroristas à cidade francesa.

Jesse Hughes, vocalista do grupo, já havia afirmado em entrevista à Vice que queria o EODM como a primeira atração após a reabertura do Le Bataclan, casa de shows de Paris que sofreu o ataque terrorista do Estado Islâmico que deixou mais de 80 mortos durante o show da banda, porém revelou recentemente que não sabia se realmente seria capaz de retornar aos palcos.

Em entrevista à Rolling Stone, Hughes revelou que um elemento muito importante para sua recuperação foi Bono, vocalista do U2, que rezou junto de Jesse e recitou letras do Eagles of Death Metal em frente ao Bataclan, como uma forma de homenagem. Leia trechos do relato:

Bono sabe que sou cristão, e ele também sabe que eu sou um “filhinho da mamãe”. No dia seguinte [ao ataque], um mensageiro veio com um telefone que tinha um bilhete dizendo: “Isto é do Bono. Lembre-se de ligar para sua mãe.” Eu achei incrível. […] Ele rezou comigo ao telefone. Ele manteve a minha cabeça fora das coisas, e, em seguida, o U2 visitou o memorial [do Bataclan] e recitou letras de nossas músicas que ele pensou que fossem apropriadas… Esse pequeno detalhe, em um adendo pessoal, é algo que ninguém jamais pensaria que fosse importar, mas foi importante para mim. Eu não tinha certeza de como voltaria aos palcos ainda.

Sobre a participação do EODM no show do U2 em Paris, onde a banda tocou a sua “I Love You All The Time” e “People Have the Power”, de Patti Smith, Hughes declarou:

O U2 estava tentando se certificar de que não tínhamos algo morto em nós. Eles teriam alcançado seu objetivo se tivessem apenas cantado a música com a gente. Eles não precisavam nos dar o palco para a última música, mas eles fizeram. Eles cuidaram de nós completamente. Eles foram genuínos e sinceros, e eles ficaram muito orgulhosos do que alcançamos após o incidente. Essa foi uma maneira muito bonita de nos preparar para voltar aos palcos novamente.

A banda já reagendou sua turnê pela Europa para 2016, inclusive com um show em Paris, porém ainda não há previsão para a reabertura do Le Bataclan.

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!