Bombay Bicycle Club critica método de lançamento do disco do U2
 

Bombay Bicycle Club critica método de lançamento do disco do U2

Passado o furor do lançamento surpresa e gratuito do novo disco do U2, começa-se a discutir os impactos da ação feita pela Apple para seus mais de 500 milhões de assinantes. Muitos usuários criticaram o fato do disco aparecer em sua biblioteca do iTunes sem qualquer pedido de aprovação. Uma dessas pessoas foi Jamie MacColl, guitarrista do Bombay Bicycle Club.

Em entrevista concedida à NME, o músico afirmou que a ação de promoção de Songs of Innocence foi invasiva:

Achei bastante invasivo. Um monte gente está em pé de guerra porque eles não gostam de U2. Não tenho uma opinião formada sobre a banda, mas eu acho que o método foi forçado demais. Quando você aceita os termos de uso de um produto da Apple, você está dando a eles suas informações, de modo que este álbum é parte integrante disso. Mas ainda assim isso não significa que eles precisam usar essa informação de uma maneira tão invasiva.

Bombay Bicycle Club no Mercury Prize

Vale lembrar que So Long, See You Tomorrow, trabalho mais recente do grupo, é um dos indicados ao Mercury Prize 2014, a mais importante premiação da música britânica. Ao lado deles concorrem Damon Albarn, Royal Blood, Anna Calvi e outros. O vencedor será anunciado em uma cerimônia no dia 29 de Outubro.