Musicaholics #1: John Reis
 

Hot Snakes

Musicaholics #1: John Reis - Hot Snakes

No mesmo ano em que fundou a Swami Records, em 1999, porque estava à procura de uma nova gravadora, John Reis também buscava por um novo baterista para o Rocket From The Crypt, já que Adam Willard resolveu focar em outros projetos.

Os testes para encontrar aquele que ocuparia a vaga de Willard fizeram com que John Reis conhecesse novos músicos e, obviamente, ficasse instigado a montar nova banda. E assim foi feito. Duas vezes.

A primeira banda formada recebeu o nome de Hot Snakes e resultou dos ensaios de Reis com o baterista Jason Kourkounis, que antes tocava no The Delta 72. Os dois ensaiaram sem vocalista durante algum tempo, até Reis decidir mandar o material para seu ex-companheiro de Drive Like Jehu, Rick Froberg, selecionar suas faixas favoritas para cantá-las.

Apesar de viverem lugares totalmente diferentes, Reis em San Diego, Froberg em Nova York e Kourkounis na Filadélfia, os três conseguiram se programar para ensaios, composições e gravações, que resultaram no bem recebido e aclamado álbum Automatic Midnight.

Hot Snakes - Automatic Midnight

O registro, um dos mais influentes e importantes da cena post-punk, foi lançado em 2000. Além de cuidar da produção, das guitarras e dos backing vocals, John Reis, ou melhor, Spic Odor/John Re, como foi creditado no álbum, também gravou os baixos das 11 faixas, que depois foram assumidos por Gar Wood nas performances ao vivo.

Com Mario Rubalcaba comandando as baquetas deixadas por Kourkounis em 2003, o Hot Snakes viveu até 2005, um ano após ter lançado seu terceiro álbum de estúdio, Audit in Progress. Porém, em 2011, o grupo ressurgiu para shows especiais, contando tanto com Rubalcaba quanto com Kourkounis na bateria de diferentes apresentações.

Além de três discos de estúdio, o Hot Snakes carrega na bagagem um álbum ao vivo (Thunder Down Under, de 2006), um EP (Peel Sessions, de 2005) e um videoclipe (“Braintrust“, de 2004).
Entretanto, John Reis ainda tem muito material registrado pela banda ainda quando o Hot Snakes era formado apenas por ele e por Kourkounis. Neste ano, ele fez a boa ação de divulgar 4 faixas raríssimas e inéditas em sua conta no Soundcloud, conforme publicamos aqui.