Mike-dirnt-fala-sobre-reabilitacao-de-billy-joe
 

Mike Dirnt, baixista do Green Day, fala sobre reabilitação de Billie Joe

O baixista do Green Day, Mike Dirnt, revelou em uma entrevista para a revista NME, que depois da reabilitação do vocalista do grupo Billie Joe Armstrong, os shows da banda nunca são os mesmos. “É estressante tocar depois do que aconteceu. A merda bateu no ventilador! Mas estamos prontos para voltar para a estrada.”

Mike ainda falou de como se sentiu quando ficou sabendo dos problemas de Armstrong. “Foi a primeira vez na minha vida que eu realmente temi pela vida de uma amigo meu. Nós somos uma banda muito unida. Não queremos nossas vidas pessoais na mídia, mas isso foi real”.

“Fiquei chocado da primeira vez que ouvi, e no dia seguinte liguei para ele para perguntar o que tava acontecendo. Disse que ele tinha que sair dessa, e ele levou a sério, consegui sentir isso. Aí que está o problema, eu sabia que estava acontecendo algo, mas não sabia o que. Nós somos uma banda unida, mas não ficamos questionando nada. Hoje em dia, todos estão no mundo dos comprimidos e do álcool.”

O vocalista foi internado em setembro do ano passado por conta de álcool e remédios controlados. O Green Day será o headliner do Reading and Leeds Festival, que acontece de 23 à 25 de agosto em Londres, e em junho, toca na arena Emirates Stadium, também em Londres.

Billie Joe e o abuso de substâncias

Recentemente o vocalista do trio verde foi capa da revista Rolling Stone, onde deu uma longa entrevista sobre os problemas com abuso de substâncias.

Segundo ele, na maioria das noites ele não sabia aonde ia parar e chegou a acordar na casa de estranhos e até mesmo em parques das cidades onde a banda tocava.

Você pode ler a entrevista traduzida clicando aqui.