Kanye West e Taylor Swift
Foto via MTV
 

Taylor Swift ainda não esqueceu suas duas brigas com o rapper Kanye West e meteu a boca no trombone.

Em uma rara entrevista com a Rolling Stone, a cantora que acaba de lançar Lover revisitou a intriga que começou no VMA, em 2009, quando teve seu prêmio tirado de suas mãos por West.

A briga mais recente, porém, aconteceu em 2016. Kanye incluiu em seu single “Famous” um trecho onde chama Taylor de “vadia” e diz que ainda pode fazer sexo com ela, já que “a fez famosa”. À época, o rapper afirmou que Swift aprovou a letra, e ela negou. Logo em seguida, Kim Kardashian, esposa do músico, publicou o áudio de uma ligação entre os dois onde a cantora dá o seu “ok”.

Ela explica:

Quando eu ouvi a música, fiquei tipo, ‘eu estou cansada disso. Se você quer ficar brigado, então vamos ficar brigados, mas sejamos sinceros sobre isso.’

Taylor Swift ainda relembrou que, em 2016, quando havia feito as pazes com West, chegou a entregar um prêmio para ele também no VMA. Apesar de na TV tudo parecer bem, a artista contou que foi bem diferente.

Comecei a sentir que estávamos nos reconectando, o que foi ótimo para mim — porque tudo que eu sempre quis em toda a minha carreira depois que isso aconteceu em 2009 foi que ele me respeitasse. Ele me ligou, talvez uma semana antes do evento, e tivemos uma conversa de mais de uma hora e ele disse: ‘Eu realmente gostaria que você me desse esse prêmio de vanguarda. Isso significaria muito para mim’, e abordou todas as razões pelas quais isso significaria muito, porque ele pode ser muito gentil.

Ela continua:

Então, eu escrevi esse discurso, e depois chegamos ao VMA, eu fiz minha parte e ele grita: ‘A MTV trouxe Taylor Swift aqui para me apresentar este prêmio pelo ibope!’ E eu estou na platéia abraçada com sua esposa, com esse calafrio percorrendo meu corpo. Eu percebi que ele é tão falso. Que ele quer ser legal comigo nos bastidores, mas então ele quer parecer bacana, ficar na frente de todos e falar merda.

West ainda não respondeu.

Taylor Swift no Brasil

Vale lembrar que a cantora vem pela primeira vez ao país com uma turnê em 2020. Saiba tudo por aqui.

Ouça o novo disco do The Who!    
 
Compartilhar