Jim Carrey e a pintura de Kay Ivey
 

Os últimos dias foram de discussões acaloradas a respeito do aborto nos Estados Unidos.

Isso porque alguns estados de lá estão revendo as suas leis a respeito do procedimento e no Alabama, por exemplo, as proibições tornaram o estado um dos mais restritos de todo planeta.

Quem aprovou a nova lei que proíbe abortos até em casos de estupro foi a governadora do Partido Republicano, Kay Ivey, alvo de uma dura crítica por parte do ator Jim Carrey.

Jim Carrey e as Pinturas

Há algum tempo o cara vem representando os seus posicionamentos políticos através de pinturas e foi exatamente isso que ele fez para criticar a governadora do Alabama.

Em sua conta oficial no Twitter, ele publicou um desenho que fez de Kay Ivey sendo “abortada” e disse:

Eu acho que se você for interromper uma gravidez, isso deveria ser feito antes que o feto se torne Governador(a) do Alabama.

Resposta de Ted Cruz e Críticas à Esquerda

Quem se posicionou no Twitter foi Ted Cruz, político que também faz parte do Partido Republicano (e quase foi o candidato à Presidência da República no lugar de Donald Trump), criticando Jim Carrey, falando ainda do que considera um comportamento violento da esquerda:

Isso não está certo. A Esquerda de hoje em dia: perversa, raivosa e consumida pelo ódio. Ao invés de insultos e de raiva desumanizadora, deveríamos voltar à civilidade. Eu discordo com o ponto de vista político de Carrey, mas acredito que deveríamos respeitar a sua humanidade. Eu espero que possa ser recíproco.

   
 
Compartilhar