Jorge Vercillo e Ronaldinho Gaúcho
Foto: Reprodução / Youtube
 

2019 está sendo um ano louco, não é mesmo?

E que tal uma parceria um tanto inusitada para agregar loucura a este ano? A receita foi juntar um dos maiores hitmakers da MPB dos anos 2000 com um dos mais aclamados jogadores da história recente do futebol nacional. O resultado foi “Garra“, lançada nas vozes de Jorge Vercillo e Ronaldinho Gaúcho.

A nova canção segue nos padrões MPB/soft rock que consagraram a carreira de Vercillo. Enquanto isso, a letra é uma clara crítica política. Ela cita o jogo sujo daqueles que desviam dinheiro público e daqueles que governam por causa própria.

Ao mesmo tempo, os versos homenageiam São Jorge. “Vai se ver com ele. A mão do destino é a mais afiada”, diz o refrão da música, em referência à lança carregada pelo mártir cristão.

Enquanto isso, Ronaldinho participa mandando alguns versos na metade da canção. O clipe, dirigido por Lucas Allegretto, mostra os bastidores da gravação e entrega que o ex-jogador da Seleção Brasileira também se aventurou na percussão para a gravação da faixa.

 

A trajetória de cada um

Jorge Vercillo fez seu nome como um dos maiores compositores da MPB dos anos 2000, emplacando nas rádios vários hits. Entre eles, temos “Homem-Aranha“, “Monalisa“, “Final Feliz” e “Que Nem Maré“. Mas Jorge continua em atividade até hoje, tendo feito de Vida É Arte (de 2015) o seu álbum mais recente.

Enquanto isso, Ronaldinho já havia se consolidado como um dos melhores jogadores de futebol dos anos 90 e 2000, mas ele quis levar seu nome para outras esferas culturais. Mesmo com duas Copas do Mundo e passagem por grandes times nacionais e internacionais em seu currículo, Ronaldinho já teve uma agência de comunicação, filiou-se a partidos políticos, lançou uma linha de relógios e por aí vai… A partir desses “rolês aleatórios”, criou-se a brincadeira de que Ronaldinho está em todo lugar.

No mundo da música, o ex-jogador fez seu nome através faixa “Vamos Beber“, parceria com Dennis DJ e com a dupla sertaneja João Lucas & Marcelo, de 2014. Desde então, também fez parcerias com Wesley Safadão e com o grupo Pique Novo.

Mas e aí? O que achou dessa música um tanto inusitada? Deixe sua opinião nos comentários!

Letra – “Garra / A Lei do Retorno”

De lá da Lua cheia
São Jorge assiste calado
E sabe do universo, nada é casual
Quem rouba milhões de pessoas já está condenado
Quem pensa que sairá impune, vai se dar muito mal
Ai de quem desvia dinheiro público!
Ai de quem só governa em causa própria
Que jogo sujo
Ai de quem tira o sustento de nossos pais!
É tanta maldade junta
Mas isso tem que acabar
Isso vai ter que acabar

Vai se ver com Ele
Cavaleiro Jorge na curva da estrada
Vai se ver com Ele
A mão do destino é a mais afiada
Vai se ver com Ele
A lei do retorno é escudo ou espada
Vai se ver com Ele
Jorge e sua lança não falha, não tarda

Sua garra, pro meu povo
Sua proteção

De lá da Lua cheia
São Jorge assiste calado
E sabe do universo, nada é casual
O dragão da ganância em nós deve ser domado
Quem pensa que sairá impune, vai se dar muito mal
Ai de quem desvia dinheiro público!
Ai de quem só governa em causa própria
Que jogo sujo
Ai de quem lesa escolas e hospitais
É tanta maldade junta
Mas isso tem que acabar
Isso vai ter que acabar

Vai se ver com Ele
Cavaleiro Jorge na curva da estrada
Vai se ver com Ele
A mão do destino é a mais afiada
Vai se ver com Ele
A lei do retorno é escudo ou espada
Vai se ver com Ele
Jorge e sua lança não falha, não tarda

Sua garra, pro meu povo
Sua proteção

Sua garra, pro meu povo
Sua proteção

De lá da Lua cheia
São Jorge assiste calado