Frank Iero em SP
Foto: Stephanie Hahne
 

Nem a chuva forte que acometeu São Paulo no último domingo (28) impediu que os fãs de Frank Iero fossem prestigiar o músico em peso durante sua passagem pelo país.

O ex-guitarrista do My Chemical Romance, que segue em uma consolidada carreira solo, fez um show único no Fabrique Club, na Barra Funda, com um repertório repleto de suas várias facetas.

Agora atendendo pelo nome Frank Iero and the Future Violents, o músico tem dois álbuns na bagagem — Stomachaches (2014) e Parachutes (2016)  — e está preparando mais um, que sai no dia 31 de Maio e se chama Barriers. Com formação nova e descrita como sendo a de seus sonhos em conversa que tivemos com o músico (em breve aqui no TMDQA!), Iero tomou o palco da casa de shows antes do horário previsto e, pelo que deu para perceber, sem saber o que esperar.

Recebido por gritos ensurdecedores dos fãs que lotavam o local — e fizeram fila desde as primeiras horas da manhã para pegar grade –, o guitarrista e agora vocalista pareceu surpreso. A reação com certeza inflamou o resto do show, já que a partir dali Frank demonstraria sua gratidão aos fãs a todo momento.

Apesar do teor mais pesado das músicas, a apresentação foi extremamente intimista, muito pelo tamanho do local e também pela proximidade do cara com seus fãs. Entre uma música e outra, Iero agradecia e conversava com o pessoal, chamando atenção para cartazes e fãs em específico. Em um destes momentos, Frank avistou papeis que diziam “your art changes lives” (em português, “sua arte muda vidas”), e pareceu emocionado. Ali, ele declarou que seus admiradores também faziam arte ao demonstrar tanto amor, e os agradeceu por mudarem sua vida.

Algo que também chamou atenção foi a competência da banda de Frank Iero ao vivo, mostrando que o músico realmente encontrou sua formação ideal.

Perto do final do show, Iero vestiu uma camiseta da seleção brasileira para delírio dos fãs, e chegou a falar que o Brasil “foi roubado” na última Copa do Mundo. Não que o público ali precisasse de tal bajulação, afinal, Frank soube como conduzir a apresentação e colocou sua plateia na mão como ninguém.

Que volte mais vezes!

Confira o setlist abaixo, seguido de uma galeria de fotos exclusivas do show. Fique ligado(a) ao TMDQA! para conferir a conversa que tivemos com o músico logo após sua passagem pelo Brasil.

  1. World Destroyer
  2. Veins! Veins!! Veins!!!
  3. I’m a Mess
  4. Young and Doomed
  5. Viva Indifference
  6. Neverenders
  7. This Song Is a Curse
  8. Best Friends Forever (But Not Now)
  9. Smoke Rings
  10. No Fun Club
  11. Dear Percocet, I Don’t Think We Should See Each Other Anymore.
  12. I’ll Let You Down
  13. Tragician
  14. Weighted
  15. Joyriding
  16. Basement Eyes
  17. All I Want Is Nothing
  18. Oceans