Labyrinth, com David Bowie
Foto: Divulgação
 

Goste ou não da ideia, Hollywood decidiu que vai mesmo reviver Labyrinth, filme icônico estrelando David Bowie lançado em 1986.

Diferente do que foi noticiado anteriormente, o novo longa da agora franquia não será nem um remake e nem um spin-off, mas sim uma “continuação direta” da história contada no filme original.

Quem confirmou a notícia foi o diretor Fede Alvarez, que tem encabeçado o projeto já há alguns bons anos. Em entrevista ao Fandango, ele disse:

Eu estava na verdade almoçando ontem com a produtora Lisa Henson e nos reconectamos com esse projeto. Estamos muito animados com isso. É basicamente uma continuação direta do primeiro filme muitos anos depois, e eu não posso te dizer muito mais sobre isso… mas nós temos um roteiro, e estamos muito animados, então vamos ver até onde vai.

Como apontou o Consequence of Sound, é bom observar que Alvarez disse “muitos anos depois”. Isso quer dizer que, por razões até óbvias — já que Bowie faleceu em 2016 –, é muito provável que a trama não envolva Jareth the Goblin King, personagem do cantor, e nem Sarah, interpretada pela então adolescente Jennifer Connelly.

Apesar de tudo, o diretor não disse com certeza que o projeto sequer sairá do papel um dia. Fede está atualmente trabalhando em A Garota na Teia de Aranha, mais um filme da franquia Millennium, que estreia no dia 9 de Novembro.