Após o grande sucesso que foi a edição de 2017 do PicniK Festival, a quarta edição vem chegando com tudo ao trazer grandes atrações musicais do país.

Nos dias 23 e 24 de junho, a Torre de TV, um dos cartões postais mais icônicos de Brasília, será cenário para um formato extraordinário de um dos eventos mais emblemáticos da capital.

Com o objetivo de catalisar música, economia criativa e muita cultura, o PicniK conta com ações culturais e propostas de economia colaborativa, como o mercadinho Arte, Moda e Design, praça de alimentação, espaço zen, kids, mini-arenas de teatro e circo, e três ambientes musicais.

Intitulado como Pista de Dança, o primeiro ambiente é voltado para quem curte house e techno, e conta com a presença dos DJs Renato Cohen (SP) e Kaster John (ALE). O outro é o intitulado Fantástica Fábrica de Bandas Stage, promovendo bandas independentes, tanto locais quanto nacionais, como Azura, Sã (GO) e Matheus Mota (PE).

Já no palco principal, uma tenda de circo armada no gramado local, sobem artistas com trabalhos em evidência: Tulipa Ruiz, em sua versão mais intimista ao apresentar o disco Tu; o multi-instrumentista Curumin coloca seu disco Boca no mundo em celebração percussiva e reflexiva; Anelis Assumpção propõe com o excelente Taurina um equilíbrio saudável entre força e vulnerabilidade femininas; e o guitarrista André Sampaio completa o palco com um olhar sobre o novo groove psicodélico brasileiro, em uma ode ao afrobeat e aos ritmos latinos.

Garotas Suecas, Mescalines, Marrakesh e Bike chegam com seus novos trabalhos e apresentações, mostrando amadurecimento musical de caminhos orgânicos e experimentais. Pela primeira vez no aconchegante e colorido circo, Papisa, Young Lights, Supervão e Rakta, trazem bons ares à cena alternativa e independente nacional, comprovando que sempre é possível ir avante e além.

Por fim, o Festival chama para evidência artistas  locais: Joe Silhueta, prestes a lançar primeiro álbum, apresenta um espetáculo que vem reverberando por vários cantos do país. Cachimbó e Augusta também cantam lançamentos fresquinhos, deixando claro que o indie-candango-capivara-style anda inspirado e preparado para reluzir. Meu Amigo Tigre e Leo continuam tocando o barco com alegria e elegância, enquanto os jovens do Palamar chegam com um horizonte instrumental proeminente.

Toda a programação musical é financiada pelos empreendedores criativos que participam do mercadinho de arte, moda e design e da praça de alimentação do evento. A entrada é franca (a partir das 16h, para acessar o perímetro do evento, é necessária a doação de 1gk de alimento, 1 livro ou 1 agasalho, que serão doados para a Abrace), garantindo um evento amplo e diverso ao redor da fonte luminosa da Torre de TV.

Veja a programação completa na página do evento oficial no Facebook.

Serviço – PicniK Festival

Data: 23 e 24 de junho de 2018 (sábado e domingo)
Local: Torre de TV – Brasília
Horário: das 13h às 22h
Acesso gratuito – exceto a partir das 16h, sendo necessário doação de 1kg de alimento, livro ou agasalho
Classificação indicativa: Livre

     
 
Compartilhar