Ozzy Osbourne ligou para Lemmy no dia da sua morte: “doeu bastante”

Vocalista do Black Sabbath relembra o funeral do líder do Motorhead

Lemmy e Ozzy
 

Ozzy Osbourne participou da premiação Metal Hammer Golden Gods e por lá falou sobre o saudoso Lemmy Kilmister.

Ao prestar homenagem ao líder do Motorhead, o vocalista do Black Sabbath abriu o coração e revelou que conversou com Lemmy no dia da sua morte, o que acabou se transformando em uma experiência bastante pesada:

Eu sinto a falta dele, ele era um cara bom. Eu liguei para ele no dia em que ele morreu. Eu sabia que ele estava morrendo. Ele nem me reconheceu ao telefone. Eu tive que dizer para ele: ‘É o Ozzy, Lem.’ Ele só murmurou para mim. Eu disse, ‘Lemmy, por favor, fique aí, estou indo.’

Eu falei para a Sharon: ‘Foda-se, entre no carro, nós vamos ao apartamento dele.’ E assim que estávamos saindo ela veio para mim e disse: ‘Não adianta, ele morreu.’ E eu falei ‘Oh, Deus…’ Meu mundo caiu. Foi muito doloroso para mim, não vou fingir que não foi.

Ozzy também falou sobre o funeral de Lemmy Kilmister, e relembrou:

Seu funeral também foi algo marcante. Eu pensei comigo mesmo, ‘Jesus, se ele estivesse vendo isso!’ Havia uma bandeja com drinks à medida que você entrava na Igreja. Eu pensei ‘Isso é a cara do Lemmy!’

Todos os membros originais da banda se foram agora, Eddie [Clarke] faleceu no começo do ano e Phil [Taylor] se foi há alguns anos também.

Eles abriram os meus shows na minha primeira turnê pelos Estados Unidos, e essa é uma lembrança que eu levarei até o meu último dia, sabe. Bons tempos, eles eram ótimos caras, eu sinto a falta de todos eles para ser honesto.

Em momentos assim você para pra pensar como conseguiu ficar por aqui durante tanto tempo. Nós perdemos muitas pessoas boas, sabe.

Ozzy Osbourne

Vale lembrar que após a despedida dos palcos do Black Sabbath, Ozzy também embarcou naquela que será a última turnê de toda sua carreira.

O músico inclusive passou pelo Brasil recentemente com seus shows.

 

Comentários