Robbie Williams faz profundo desabafo sobre a depressão

"Tenho uma doença que quer me matar e ela está na minha cabeça"

Robbie Williams na Itália, 2017
Foto via Shutterstock
 

O músico britânico Robbie Williams conheceu a fama muito cedo.

Com apenas 16 anos de idade ele se juntou ao grupo Take That em 1990 e o grupo de música pop teve sucesso não apenas na sua terra natal como no resto do globo.

Após a saída da banda, Williams passou a se dedicar a uma carreira solo bem sucedida, e em toda sua carreira já lançou 11 discos, sendo o último deles The Heavy Entertainment Show, de 2016.

Acontece que nos últimos anos, mesmo com todo sucesso em sua carreira, o músico tem sofrido com problemas de saúde mental, e em uma entrevista com o The Sun, ele comentou a respeito de uma batalha contra a depressão, e foi bastante contundente:

Feliz e infelizmente, quando fico sozinho, tenho a tendência de sabotar todas as coisas. Eu tenho uma doença que quer me matar e ela está na minha cabeça, então eu tenho que lutar contra isso.

Às vezes toma conta de mim e me oprime, e às vezes é uma ferramenta que eu preciso para subir ao palco. Às vezes eu vivo em felicidade e é maravilhoso.

Mas na maior parte do tempo eu sou humano – tenho experiências humanas, tento lidar com as provações e tribulações do que acontece entre os meus ouvidos.

Na entrevista, Robbie disse que já esteve muito perto da morte várias vezes, e que durante a vida toda teve que lidar com ansiedade, problemas de peso e medo de subir ao palco.

Ao ser comparado com o saudoso George Michael, que faleceu em 2016, ele disse que as “montanhas russas” nas vidas de ambos foram bem parecidas e que sente falta do músico.

Você pode ler a matéria na íntegra clicando aqui.

 
FonteNME
Compartilhar

Comentários