Crystal Castles
Foto: Divulgação
 

Há alguns dias os músicos envolvendo a principal formação do Crystal Castles se viram em lados opostos.

Aproveitando movimentos como o #MeToo e os tempos atuais onde as mulheres estão criando coragem para falar a respeito de casos de abuso e assédio, Alice Glass fez um longo texto acusando seu ex-colega de banda, Ethan Kath.

Segundo ela, não apenas Ethan lhe estuprou, como também controlava tudo que ela fazia e cometia assédio psicológico: ele limitava o acesso dela à Internet, escolhia os contatos que ela fazia e ainda dizia que a qualquer momento poderia retirá-la da banda.

Quando as declarações vieram à tona, Kath negou tudo, disse que iria processar a sua ex-companheira e o fez, por difamação. Isso inclusive aconteceu através de um falso fã, que foi até um show solo de Alice para lhe entregar a intimação.

Pois bem, hoje rolou o primeiro encontro dos dois na justiça, e segundo Alice Glass, ela venceu e o processo de difamação foi derrubado:

Eu venci no tribunal hoje!! o processo de difamação contra mim foi derrubado. Muito obrigado pelo amor e apoio durante esse processo horrível.

Essa é uma vitória das sobreviventes de abuso sexual e mau comportamento sexual em países onde os abusadores utilizam o sistema judicial para manter as pessoas em silêncio. NÓS NÃO IREMOS NOS CALAR

A Pitchfork confirmou com o Tribunal Superior de Los Angeles que o processo foi retirado e agora resta saber quais serão os próximos passos; uma investigação a respeito dos abusos cometidos por Ethan Kath já estaria acontecendo.