7 vezes em que o Spotify misturou artistas diferentes em um mesmo perfil

Sugar Kane, Matanza e mais: veja pequenas confusões que encontramos na plataforma

Sugar Kane eletrônico
  

Artistas com nomes iguais não são exatamente uma novidade. Seja por falta de pesquisa, ideias parecidas em lugares completamente diferentes do mundo, falta de direitos legais, estilos completamente diferentes ou pensamentos que tenham surgido mais ou menos ao mesmo tempo, de vez em quando os nomes se repetem.

O motivo não importa muito neste caso. Mas o que acontece quando serviços como o Spotify precisam listar alguns músicos com nomes iguais em um catálogo com mais de 2 milhões deles? Encontramos sete exemplos de bandas de rock brasileiras e gringas e outros estilos que se misturaram em um mesmo perfil no serviço de streaming. Muitas vezes o Spotify separa os artistas corretamente, mas de vez em quando eles viram um só.

Ainda que os estilos sejam completamente diferentes, encontramos músicas interessantes, que talvez nunca tivessem sido escutadas se não houvesse essa pequena confusão. Confira a lista e o que descobrimos sobre os artistas “irmãos de nome”. No nome de cada banda há um link para o perfil do Spotify onde as músicas estão misturadas.

1 – Matanza

Cachaça, mulher e… passarinhos. Entre as coletâneas nas quais o Matanza aparece está um outro Matanza, o Chileno, que mistura dub, house e música folclórica e sempre está no Lollapalooza de Santiago (inclusive em 2018). Eles participaram de um álbum chamado A Guide to the Birdsong of South America lançado pelo selo Rhythm and Roots de Amsterdã e também de uma coletânea de Jazz de um selo alemão.

Relaxe escutando o Matanza Chileno no Soundcloud ou ouça abaixo:

2 – Emery

Não se assuste se enquanto você estiver escutando os americanos do Emery, conhecidos pelo emo e post-hardcore, aparecer um batidão dance, drum n’ bass, outras misturas eletrônicas ou um rap com dubstep. Entre os singles e coletâneas em que o(s) Emery aparece(m) estão outros artistas – Ao que parece são quatro diferentes, ao menos no estilo.

Os álbuns em que eles aparecem são Memory Blue, Transmundane, The OF SNX Tape Vol 3, We Gotcha LP Combination e Fire It Up. Escute um deles:

3 – Gloria

Música, filme e cantora. Gloria está longe de ter um único significado e por isso um nome fácil nessa mistura. No perfil da banda brasileira aparecem também entre as coletâneas músicas do Gloria hip hop, incluindo a música “It’s My Money” no álbum Money, Drugs n Alcohol. A lambança também coloca duas músicas da cantora cubana Gloria Estefan no perfil, cadastradas sem o sobrenome da cantora. Por último ainda uma banda gospel brasileira que incorretamente o Spotify pensa que gravou uma música com participação do Glória.

Escute o Gloria hip hop:

4 – Samiam

Quando o Samiam chegar no Brasil em Novembro, pode pedir de tudo, menos os raps / hip hop’s que outros dois Samiams gravaram por aí. Também não vale pedir o Samiam em francês, que fez uma participação especial no álbum Initiatique no coletivo canadense Monk.e.

5 – Houdini

Quem se lembra dessa banda paulista de pop-punk? Em 2003 eles chegaram a lançar Dia de Sorte, via Sony Music. Na época, uma banda de hardcore ser lançada por uma gravadora grande era algo muito raro.

O nome Houdini já era relacionado a um montão de coisas, tais como o mágico e o programa de computador, porém nada impediu que diversos outros artistas resolvessem dar-se o mesmo nome. Perdido entre os singles e coletâneas do perfil do Houdini do ABC paulista tem muitas coisas muito incomuns: um artista de Trindad e Tobago, um DJ, um grupo tailandês e curiosamente dois outros Houdinis que tocam rock, em inglês e francês.

 

6 – Solea

Até aqui nessa lista todos os perfis de artistas tinham quase todo o perfil correto, com somente algumas músicas em coletâneas ou singles de outros músicos. Mas neste caso ficou tudo errado. O Solea foi uma banda com integrantes do Samiam e Texas Is The Reason. As fotos e a descrição da banda estão corretas – mas faltaram as músicas!

O perfil não tem nenhuma música do Solea emo-hardcore. Mas se você gostar de jazz ou do que parece ser uma cantora portuguesa cantando em espanhol, você pode ouvir o single “Caliente”, lançado em 2016 pela cantora Solea ao lado do DJ Rico.

 

7 – Sugar Kane

É quase tudo hardcore no perfil do Sugar Kane curitibano. Quase!

Primeiro a banda aparece na música “The Story of You and Me”, oficialmente da cantora Yvonne Vilshoever. A canção é registrada como de vários artistas, incluindo Water Rats, Ego Kill Talent, Naked Girls e outros. A princípio a batida suave também parece ser um erro, mas na verdade a música foi um presente de casamento de integrantes das bandas para o casamento da própria Yvonne. No Spotify, a música ficou registrada no perfil de todas as bandas.

Neste caso ainda podemos dar o crédito à plataforma, já que a música foi de fato gravada por integrantes das bandas. Mas no perfil do Sugar Kane também passou sem querer uma música chamada “What Itz About”, de um grupo de trip hop. Se você quiser ouvir um Sugar Kane mais chill, a música aparece em duas coletâneas de música eletrônica.

 

Comentários