Robert Trujillo (Metallica) fala sobre o que acha do filho tocando com o KoRn

   

No dia 17 de Abril o KoRn iniciou sua turnê pela América do Sul, em suporte ao disco The Serenity of Suffering, lançado no final de 2016, com um show em Bogotá, na Colômbia.

A grande surpresa ficou por conta da substituição do baixista Fieldy, que não pôde vir, por Tye Trujillo, filho de Robert Trujillo (Metallica), e que tem apenas 12 anos.

Ao ser entrevistado por Andreas Kisser para o programa Altas Horas, Robert disse:

Eu nunca o forcei a entrar para a música. Sempre pensei que se ele quisesse abraçar um instrumento, ótimo, eu o ajudaria. No início foi bateria, e então, na mesma época, quando ele tinha um ano, ele tinha uma guitarrinha de plástico e ficava tocando o tempo todo; tocou tanto que o plástico ficou desgastado.

É uma coisa linda, porque ele só tem 12 anos, e ele ainda se comporta como um garoto de 12 anos, mas quando o assunto é música, ele fica bem focado. E com o KoRn é engraçado, porque eu nunca tinha mostrado nada da banda pra ele – fico muito ocupado e passo muito tempo fora de casa – e ele está levando a oportunidade muito a sério.

KoRn

O KoRn fez uma série de três shows no Brasil, como parte dessa turnê pela América do Sul, começando em São Paulo, no dia 19 de Abril. Estivemos lá e você pode conferir a resenha, com fotos e vídeos aqui. Depois a banda passou por Curitiba, no dia 21 e Porto Alegre no dia 23.

A turnê ainda passa por Argentina, Chile e Peru.

Thank you, São Paulo! 🤘🏻🇧🇷

A post shared by Korn (@korn_official) on

 

Deslize a tela para baixo e continue lendo as notícias do TMDQA! automaticamente!

 

Comentários